Tempo
|
A+ / A-

Seleção sub-20 "enorme" dá "esperança brutal" para o futuro do andebol português

18 jul, 2022 - 20:40 • José Barata com Redação

Miguel Laranjeiro, presidente da Federação de Andebol de Portugal, salienta que "uma medalha de prata não é para todos", depois de perdida a final do Europeu frente à Espanha.

A+ / A-

O presidente da Federação de Andebol de Portugal faz um balanço muito positivo da campanha da seleção nacional no Europeu de sub-20.

Portugal perdeu a final do Euro de andebol da categoria frente à Espanha, por 37-35, em Matosinhos. Apesar de não ter conseguido o conquistado o troféu, Miguel Laranjeiro classifica, em entrevista a Bola Branca, a prestação da seleção portuguesa no torneio como "enorme":

"Medalha de prata não é para todos, só para um conjunto e atletas especiais e uma equipa técnica que soube perceber o que estava em jogo. Estamos a falar das melhores seleções da Europa. Jogámos em casa, com um público absolutamente extraordinário, e os nossos atletas mostraram o que se está a fazer de bom no andebol no nosso país. Como equipa, funcionaram com união, compromisso, vontade, garra. Foi um grande orgulho para todos ver este caminho da seleção nacional sub-20."

Boas sensações para o futuro


Miguel Laranjeiro antevê um futuro risonho para as seleções de andebol ao nível mundial. Algo para que têm sido preparadas, assinala.

"Vamos entrar dentro de pouco tempo no Europeu sub-18, com alguns atletas que estiveram, até, nestes sub-20. São equipas jovens que estão nos Campeonatos da Europa e do Mundo com excecionais prestações que permitem imaginar um futuro continuado de sucesso e de presença permanente, que é o nosso objetivo, nas várias fases finais das granes competições. Não só nas equipas seniores, mas em todos os outros escalões", explica o presidente da Federação de Andebol.

"O futuro dirá", refere Miguel Laranjeiro, mas o que o líder federativo leva do Europeu sub-20 é esperança para o futuro: "Esta equipa dá uma esperança brutal naquilo que vai ser o futuro da seleção sénior."

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+