Tempo
|
A+ / A-

Ciclismo

Sem Alaphilippe e Evenepoel, Quicktep vai ao Tour para "sprintar" e fugir

27 jun, 2022 - 13:12 • Redação

Fabio Jakobsen é a grande aposta da equipa belga na luta por vitórias em etapas. A Volta a França arranca a 1 de julho.

A+ / A-

A Quick-Step Alpha Vinyl anucia uma equipa "equilibrada", mas sem um nome forte para a atacar a vitória final na Volta a França. Remco Evenepoel não está entre os oito escolhidos e Julian Alaphilippe também não.

A aposta recai em vencer etapas, sobretudo, com o "sprinter" Fabio Jakobsen. O dinamarquês já tem 10 vitórias esta temporada e terá o apoio do lançador, e seu compatriota, Michael Morkov. Andrea Bagioli, Mikkel Honoré, Kasper Asgreen, Mattia Cattaneo, Tim Declercq e Yves Lampert completam a equipa.

A equipa irá cuidar de Jakobsen, como refere o seu diretor, Tom Steels, mas também estará alerta para a possibilidade de integrar fugas e Mattia Cattaneo, 12.º classificado na edição de 2021, apesar de estar sem escudeiros, poderá entrar na discussão com os favoritos, em etapas de montanha.

Alaphilippe, um dos animadores dos últimos anos e já vencedor de seis etapas do Tour, é o grande ausente. O ciclista francês ainda não recuperou a 100% da queda sofrida na Liège-Bastogne-Liège e fica fora da equipa.

"Estou desiludido, porque tenho um carinho especial por esta corrida, pelos dias que passeu de amarelo, pelas minhas vitórias e por todas as grandes memórias. Mas eu compreendo a minha ausência. Não estari ao meu melhor nível", reconhece Alaphilippe, em declarações publicadas pela equipa.

A Volta a França arranca a 1 de julho em Copenhaga, na Dinamarca, e termina no dia 24 de julho nos Campos Elíseos, em Paris.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+