Tempo
|
A+ / A-

Ténis

Trio de portugueses já conhece sorte nos pares de Wimbledon

24 jun, 2022 - 12:31 • Redação

Francisco Cabral e Nuno Borges voltam a fazer dupla, depois da vitória no Estoril Open. João Sousa joga ao lado do australiano Jordan Thompson.

A+ / A-

A dupla portuguesa formado por Francisco Cabral e Nuno Borges defronta na 1.ª ronda do torneio de Wimbledon o par formado pelo filipino Treat Huey e o croata Franko Skugor.

Cabral e Borges voltam a juntar-se, depois de ter vencido o Estoril Open e vão estrear-se na relva do All England Club. Skugor e Huey são dois veteranos que já estiveram no "top-20" do "ranking" mundial de pares. Atualmente estão acima do "top-100", mas têm vários títulos no currículo.

Skugor, vencedor da Taça Davis pela Croácia em 2018, já chegou por duas vezes às meias-finais de Wimbledon e chegou aos quartos de final de Roland Garros no ano passado. Huey tem oito títulos no circuito ATP, entre eles a conqista do Estoril Open em 2015.

João Sousa, também inscrito na torneio de pares, fará dupla com o australiano Jordan Thompson. Defrontam o neerlandês Matwe Middelkoop e o australiano Luke Saville.

Middelkoop, de 38 anos, é o número 26 do "ranking" de duplas e em 2022 já venceu o Open de Roterdão. Saville foi finalista vencido do Open da Austrália em 2020, ao lado de Max Purcell.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+