Tempo
|
A+ / A-

Rúben Guerreiro vence Mont Ventoux com tempo recorde

14 jun, 2022 - 15:05 • Redação com Lusa

Ciclista português cortou a meta isolado no final da segunda passagem pelo Ventoux. Subida em 58m36s é melhor que as subidas de Lance Armstrong, Miguel Indurain, Alberto Contador, Chris Froome ou Tadej Pogacar.

A+ / A-

O ciclista português Rúben Guerreiro (EF Education-Easy Post) venceu a quarta edição do Mont Ventoux Dénivelé Challenge, cortando a meta isolado no final da segunda passagem pela "mítica" montanha em França.

O trepador luso, de 27 anos, foi dos mais interventivos na corrida e acabou por concluir os 154 quilómetros entre Vaison-la-Romaine e o topo do 'mítico' Mont Ventoux em 4:32.35 horas, batendo um colega de equipa, o colombiano Esteban Chaves, segundo a 53 segundos, e o australiano Michael Storer (Groupama-FDJ), terceiro a 1.28 minutos.

A vitória na corrida 1.1, com 4.521 metros de acumulado de subida, incluindo duas ascensões ao Ventoux, é a primeira da época para o português, que aponta à Volta a França.

O atleta luso fez a subida em 58m36s, tempo recorde numa etapa em linha e melhor que alguns dos melhores trepadores da história do desporto: Lance Armstrong, Miguel Indurain, Alberto Contador, Chris Froome, Tadej Pogacar and Jonas Vingegaard.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+