Tempo
|
A+ / A-

Atletismo

Portugal leva 11 atletas aos Mundiais de pista coberta

08 mar, 2022 - 13:18 • Redação com Lusa

Patrícia Mamona, Auriol Dongmo e Pedro Pichardo são os grandes candidatos portugueses a medalhas.

A+ / A-

Portugal vai estar representado por 11 atletas nos Mundiais em pista coberta.

Carlos Nascimento (60 metros), Francisco Belo (peso) e Tiago Luís Pereira (triplo salto), que não confirmaram os mínimos, integram a lista para Belgrado, divulgada esta terça-feira pela Federação Portuguesa de Atletismo (FPA).

Pedro Pichardo, campeão olímpico e europeu em pista coberta do triplo salto, Patrícia Mamona, vice-campeã olímpica e campeã europeia de pista coberta de triplo salto, e Auriol Dongmo, campeã europeia do peso em pista coberta e detentora da melhor marca mundial do ano, com 19,90 metros, são as grandes esperanças de Portugal relativamente a medalhas.

Também entre os convocados estão Abdel Larrinaga (60 metros barreiras), Cátia Azevedo (400 metros), Isaac Nader (1.500), Lorene Bazolo, recordista nacional dos 60 metros, e Rosalina Santos (60 metros).

Esta será a segunda maior delegação portuguesa em Mundiais de pista coberta, apenas superada pela edição disputada em Lisboa, em 2001.

Os Mundiais de atletismo em pista coberta realizam-se de 18 a 20 de março, em Belgrado, capital da Sérvia.

Lista de convocados:


- Femininos:

Auriol Dongmo (Sporting), lançamento do peso

Cátia Azevedo (Sporting), 400 metros

Patrícia Mamona (Sporting), triplo salto

Lorene Bazolo (Sporting), 60 metros

Rosalina Santos (Sporting), 60 metros

- Masculinos:

Abdel Larrinaga (Sporting), 60 metros barreiras

Carlos Nascimento (Sporting), 60 metros

Francisco Belo (Benfica), lançamento do peso

Isaac Nader (Benfica), 1.500 metros

Pedro Pablo Pichardo (Benfica), triplo salto

Tiago Luis Pereira (Sporting), triplo salto

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+