Tempo
|
A+ / A-

Ténis

COI voltou a falar com Peng Shuai e marcou encontro para janeiro

02 dez, 2021 - 10:42 • Redação

Segunda videoconferência aconteceu no dia em que a WTA suspendeu todos os torneios na China.

A+ / A-

O Comité Olímpico Internacional (COI) voltou a falar com a tenista Peng Shuai por videochamada, no dia em que a WTA, associação de ténis feminino, suspendeu os torneios previstos para a China.

A tenista acusou, em novembro, um ex-membro do governo chinês de abuso sexual, numa publicação que foi imediatamente retirada da rede social chinesa Weibo.

Apesar de ter reaparecido em 21 de novembro num restaurante de Pequim e num torneio de ténis na capital chinesa, de acordo com vídeos publicados pelos meios de comunicação oficiais chineses, e de já ter falado, através de videoconferência, com o presidente do Comité Olímpico Internacional, a WTA continua a ter dúvidas quanto à liberdade da atleta.

O COI partilha a preocupação e garante ter marcado encontro presencial para o início de 2022.

"Partilhamos as preocupações de muitas outras pessoas sobre a segurança de Peng Shuai. É por isso que ontem uma equipa do COI teve outra videochamada com ela. Oferecemos-lhe amplo apoio, vamos manter contacto regular com ela e já combinámos um encontro pessoal em janeiro", pode ler-se na nota.

Peng Shuai, que já foi líder do ‘ranking’ mundial da variante de pares, venceu 23 títulos de pares femininos, entre os quais Wimbledon, em 2013, e Roland Garros, em 2014,

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+