Tempo
|
A+ / A-

Tóquio2020

Diogo Abreu falha final do trampolim e acaba em 11.º lugar

31 jul, 2021 - 11:18 • Lusa

Esta é a segunda participação olímpica de Diogo Abreu, depois do 16.º lugar no Rio2016.

A+ / A-

O ginasta português Diogo Abreu falhou este sábado o acesso à final na ginástica de trampolins dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, ao repetir um erro que já tinha feito no Rio2016 para acabar no 11.º lugar.

No Centro de Ginástica de Ariake, o atleta luso de 27 anos conseguiu um total de 93.420 pontos, a mais de 20 pontos do primeiro classificado, o bielorrusso Ivan Litvinovich, falhando a final, marcada para as 06h50 de Lisboa.

Na primeira série, de exercícios obrigatórios, registou 52.135 pontos, o sétimo melhor registo, o que o colocaria na final, destinada aos oito melhores.

Na segunda rotina, os exercícios livres, aconteceu-lhe o mesmo que no Rio 2016, ao sair fora do trampolim, conseguindo apenas 41.285 pontos, o que, somado, chegou para o 11.º melhor registo entre os 16 participantes, primeiro abaixo, ainda, dos dois reservas.

É a segunda participação olímpica de Diogo Abreu, depois do 16.º lugar no Rio 2016.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+