Tempo
|
A+ / A-

Adeus ao "Golden Slam". Djokovic cai nas meias-finais de ténis dos Jogos Olímpicos

30 jul, 2021 - 11:12 • Redação

O sérvio, número um do mundo, cedeu perante o alemão Alexander Zverev, que defrontará Kharchanov na final.

A+ / A-

Eis uma das maiores surpresas dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O sérvio Novak Djokovic, número um do mundo, perdeu nas meias-finais com o alemão Alexander Zverev e falhou a oportunidade de conquistar o "Golden Slam" — quatro Majors e ouro olímpico num ano.

Djokovic venceu o primeiro set, por 1-6, porém, Zverev, número cinco do "ranking" ATP, recuperou e venceu os dois seguintes por 6-3 e 6-1. Foram três sets e o alemão, de 24 anos, está na sua primeira final olímpica.

Zverev defrontará o russo Karen Khachanov, número 25 da hierarquia mundial, que bateu o espanhol Pablo Carreño Busta por duplo 6-3.

Esta é uma grande oportunidade perdida para Djokovic, que vencera o Open da Austrália e Roland Garros e esperava conquistar os Jogos Olímpicos e o US Open, para completar o "Golden Slam".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+