Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Jogos Olímpicos

Simone Biles agradece. “Onda de amor e apoio fez-me perceber que sou mais do que os meus resultados”

29 jul, 2021 - 09:44 • Marta Grosso com agências

Ginasta norte-americana desistiu da final "all-around" por equipas e individual em prol da sua saúde mental.

A+ / A-

Na primeira reação pública desde a desistência, na quarta-feira, da final individual do “all-around” dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, Simone Biles diz ter ficado surpreendida com o apoio recebido e admite que nunca acreditou valer por mais do que os resultados obtidos em competições.

“A onda de amor e apoio que recebi fizeram-me perceber que sou mais do que os meus resultados e a minha ginástica, algo em que nunca tinha verdadeiramente acreditado antes”, escreveu nas redes sociais.


Quando abdicou da final por equipas, Biles disse sentir que “não estava a desfrutar”.

“Queria fazer estes Jogos por mim, mas sinto que estou a fazer por outras pessoas. Entristece-me que me tenha sido roubado o prazer de fazer o que gosto para agradar os outros”, afirmou.

A retirada da final do “all-around” foi justificada por motivos de saúde mental.

“Após uma avaliação médica, Simone Biles retirou-se da final individual do ‘all-around’ dos Jogos Olímpicos de Tóquio, para poder concentrar-se na sua saúde mental. Simone continuará a ser avaliada diariamente para determinar se participa ou não nas finais dos eventos individuais da próxima semana”, anunciou na quarta-feira a Federação norte-americana de ginástica.

Biles tem 24 anos e é tetracampeã olímpica do Rio2016, sendo considerada uma das melhores ginastas de sempre.

No Japão, procurava tornar-se na primeira ginasta a defender com sucesso o título olímpico no concurso completo em mais de 50 anos – ou seja, desde a checoslovaca Vera Caslavska, em 1968.

Foi, contudo, traída pelos efeitos da pressão e aquilo que a treinadora norte-americana Christina Myers e a ginasta britânica Claudia Fragapane identificaram como “twisties” à BBC.

Segundo as atletas, trata-se de um conflito interior comum na modalidade. “É um bloqueio mental que leva à perda do sentido de espaço e dimensão e consequente controlo do corpo, impedindo a segura receção no solo. Acontece quando o corpo e a mente desconectam”, explicou Myers.

A própria Simone Biles, em declarações ao programa “TODAY”, da NBC, depois da desistência, afirmou que se sentia bem fisicamente, mas que “emocionalmente, varia com o tempo e o momento”.

“Vir para os Jogos Olímpicos e ser a principal estrela não é tarefa fácil”, explicou a ginasta vencedora de seis medalhas olímpicas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+