Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Tóquio 2020

Diário dos Jogos: Jorge Fonseca banha o bronze a ouro

29 jul, 2021 - 14:55 • Redação

A primeira medalha portuguesa nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, 25.ª da história, veio do judo, num dia com mais eliminações, um triplo recorde do mundo, uma baixa de peso no atletismo e a primeira medalha da história de San Marino.

A+ / A-

Veja também:


A primeira medalha portuguesa em Tóquio, o pódio recordista do mundo em natação, a primeira medalha da história de San Marino e a baixa de peso no salto com vara são alguns dos destaques desta quinta-feira.

Ao quinto dia, a bandeira portuguesa foi desfraldada sobre o pódio dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Jorge Fonseca conquistou a medalha de bronze na categoria de -100 kg de judo, chorou por ter falhado o ouro e atirou: "Quero ser o melhor de todos os tempos do desporto em Portugal."

Antes, Patrícia Sampaio fora eliminada na categoria de -78 kg pela campeã do mundo, que depois foi conquistar a medalha de bronze.

Pedro Fraga e Afonso Costa terminaram a prova de double-scull ligeiro em remo no 13.º lugar. A dupla, que falhara o apuramento para as meias-finais por muito pouco, venceu a final C por mais de sete segundos.

O estreante João Paulo Azevedo falhou a final de fosso olímpico em tiro com armas de caça e terminou a prova em 20.º. O português partiu 120 pratos, de um total de 125, enquanto o último apurado partiu 122.

Tamila Holub fechou a participação portuguesa na natação com um oitavo lugar nas eliminatórias de 800 metros livres, longe da final.

Na vela, bom dia para a dupla portuguesa de 49er. Jorge Lima e José Costa foram desqualificados na sexta regata, mas o sétimo lugar na anterior minimizou os estragos e mantiveram-se no "top-10" da geral.

Na classe de 470, Diogo e Pedro Costa mantêm-se no "top-15", apesar da descida de três lugares, depois de um 14.º e um 15.º postos nas regatas.

Carolina João subiu um posto na geral de Laser Radial, para 33.ª. Na primeira regata do dia, ficou na 26.ª posição. Na segunda, fez 31.º.

A nível internacional, o primeiro destaque vai para a equipa chinesa de estafetas de 4x200 metros livres em natação, que venceu a medalha de ouro e quebraram o recorde do mundo. A grande curiosidade desta final, contudo, é que os EUA, prata, e a Austrália, bronze, também o bateram.

A Covid-19 fez a primeira baixa de peso no atletismo. O bicampeão do mundo de salto com vara, Sam Kendricks, testou positivo e vai falhar os Jogos Olímpicos. A Austrália ainda isolou toda a sua equipa, mas os testes deram negativo e os atletas puderam sair em "liberdade".

San Marino conquistou a primeira medalha em Jogos Olímpicos da sua história, ao fim de 19 presenças, 12 no verão e sete no inverno. Alessandra Perilli onquistou o bronze no fosso olímpico, da competição de tiro com armas de caça. San Marino é, também, com 34 mil habitantes, a nação mais pequena de sempre a subir ao pódio de umas Olimpíadas.

Jessica Fox tornou-se a primeira mulher a conquistar medalhas olímpicas nas variantes de canoa e caiaque. A australiana já tinha três medalhas em caiaque — uma de prata e duas de bronze, a última nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 —, e agora conquistou o ouro no slalom de canoagem, na primeira final olímpica feminina da especialidade.

Por fim, como não falar de Simone Biles. A ginasta norte-americana agradeceu a "onda de amor e apoio" que recebeu após desistir das finais "all-around" coletiva e individual. "Fizeram-me perceber que sou mais do que os meus resultados e a minha ginástica, algo em que nunca tinha verdadeiramente acreditado antes", escreveu no Twitter.

Não houve Biles, mas os EUA não deixaram de vencer a final individual de "all-around". Sunisa Lee, de 18 anos, conquistou a medalha de ouro, após dura batalha com Rebeca Andrade, que ficou com a prata e deu ao Brasil a sua primeira medalha olímpica em ginástica artística.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    29 jul, 2021 Funchal 18:02
    Obrigado Jorge, a PSP precisa dum valente como tu. Talvez no remo e atletismo, de resto será a única.

Destaques V+