Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Meme olímpico. Celebração de treinador torna-se viral

26 jul, 2021 - 13:40 • João Malheiro

Dean Boxall berrou, retirou a sua máscara, deu murros no ar e abanou com uma grade, em poucos segundos de grande felicidade pela vitória da atleta

A+ / A-

Veja também:


Conseguir uma medalha nos Jogos Olímpicos é um momento alto na carreira de qualquer atleta. A edição de Tóquio já foi palco de muitas conquistas, mas uma em particular foi celebrada com bastante euforia por parte do treinador da atleta.

Ariarne Titmus, nadadora australiana de 20 anos, superou a favorita Katie Ledecky, recordista olímpica de 2016, nos 400 metros livres e alcançou a medalha de ouro.

Foram 3.56,69 minutos de glória para a australiana que alcançou a sua primeira medalha olímpica e, simultaneamente, o seu primeiro ouro olímpico.

Numa corrida decidida por menos do que uma braçada, as emoções estavam ao flor da pele e ninguém mais exemplificou isso como o treinador de Ariarne Titmus, Dean Boxall.

O treinador berrou, retirou a sua máscara, deu murros no ar e abanou com uma grade em poucos segundos de grande felicidade pela vitória da sua atleta.

A celebração de Dean Boxall rapidamente correu o mundo e tornou-se um meme destas Olimpíadas.

A Fox Sports, que transmite os Jogos Olímpicos na Austrália, declarou o treinador como um "ícone instantâneo".

Quem é Dean Boxall?

Nascido na África do Sul e a viver na Austrália desde os sete anos, Dean Boxall tem 43 anos e é um dos treinadores de natação de elite do país.

O seu método de treino é comparado a um regime militar e todos os anos faz os seus atletas passar "um mês infernal" em que fazem exercício de alta intensidade durante sete horas.

Dean Boxall já treinou os atletas Mitch Larkin, Clyde Lewis e Jack Cartwright.

Esta segunda-feira, para os 200 metros livres femininos e, esta quinta-feira, para os 800 metros livres femininos, Ariarne Titmus volta a entrar em ação e poderemos voltar a ver a euforia do treinador australiano que já conquistou a Internet.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+