Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

João Correia

"Murro no estômago" sobre o intervalo ditou derrota "inglória" do Paços de Ferreira

30 ago, 2022 - 22:59 • Redação

João Correia, adjunto de César Peixoto, considera que os castores mereciam levar, "pelo menos, o ponto", depois de uma exibição frente ao Benfica, na Luz, que dá "muito alento".

A+ / A-

O Paços de Ferreira fez o suficiente para merecer, pelo menos, o empate na visita ao Benfica, considera João Correia, adjunto de César Peixoto.

Sem o treinador principal, expulso na última jornada, foi João Correia chamado a prestar declarações à BTV, após a derrota, por 3-2, na Luz. O adjunto do Paços assumiu que o golo da reviravolta do Benfica, nos descontos da primeira parte, "foi um murro no estômago" para a equipa:

"Sabíamos que o Benfica vinha de uma cadência positiva muito forte, mas também que, com rigor, sacrifício, trabalho e muita coragem, poderíamos obter um bom resultado, apesar de todas as condicionantes. Fizemos um jogo fantástico, mantivemos o resultado em aberto até ao último segundo. É inglório não podermos levar, pelo menos, o ponto."

O Paços de Ferreira deixou o Benfica a sofrer nos minutos finais, uma exibição que dá "muito alento". Ainda assim, para o registo fica a derrota.

"Sabemos que não há vitórias morais, não levamos nada daqui, levamos zero pontos. Mas estando a equipa toda disponível, em breve iremos dar muitas felicidades aos adeptos, que nunca abandonam a equipa. Eles sabem o momento por que estamos a passar, sabem das dificuldades que temos tido, mas também sabem que, em breve, vamos arrancar para bons resultados e fazer um campeonato tranquilo", afiançou João Correia.

O Paços de Ferreira encontra-se no penúltimo lugar da I Liga, sem quaisquer pontos, assim como o Marítimo, que ocupa o fundo da tabela.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+