Tempo
|
A+ / A-

I Liga

RTP e Sporttv negoceiam transmissão de um jogo por semana nos canais internacionais

10 ago, 2022 - 18:06 • Lusa

Já passou uma jornada, mas não houve transmissão para o estrangeiro, como vinha sendo habitual.

A+ / A-

A RTP e a Sporttv estão "em processo negocial" para a transmissão de um jogo da I Liga de futebol de 2022/23 nos canais internacionais, disse à Lusa fonte oficial da estação pública.

A I Liga de futebol de 2022/23 arrancou na passada sexta-feira, 5 de agosto, sem que tenha sido transmitido um jogo nos canais internacionais da RTP, à semelhança do que tem acontecido nos anos anteriores.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da RTP adiantou que estão a decorrer negociações com a Sporttv.

"Tendo terminado o contrato anterior, a RTP fez uma proposta à Sport TV levando em conta a situação financeira da empresa pública de rádio e televisão, estando em curso o processo negocial", afirmou fonte oficial da estação pública.

Em entrevista à Lusa no início de julho, o presidente da RTP adiantou que tinha sido pedido às direções um corte de 5% do seu orçamento, tendo em conta o aumento dos custos.

No início de junho, Nicolau Santos, que assumiu o cargo há pouco mais de um ano, tinha dito que provavelmente a RTP iria ter prejuízos este ano, tendo em conta o aumento de custos, nomeadamente da energia, a cobertura da guerra na Ucrânia, a que se soma o encargo de 12 milhões de euros do Mundial de Futebol no Qatar, contratado em 2011, mas que só agora vai ser contabilizado.

Depois, no lado das receitas, a RTP está "muito" limitada, recordou, na altura, o presidente do Conselho de Administração da RTP, que defendeu "ser preciso fazer uma profunda reflexão sobre o modelo de financiamento da RTP e sobre o que é que se quer da RTP".

As negociações com a Sport TV são, à semelhança dos anos anteriores, para a transmissão de um jogo da I Liga de futebol nos canais internacionais.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+