Tempo
|
A+ / A-

Mercado de transferências

Cassiano deixa o Vizela e ruma à Arábia Saudita

05 ago, 2022 - 08:10 • Redação

O ponta de lança brasileiro despede-se dos minhotos, após duas épocas históricas.

A+ / A-

É oficial, Cassiano deixa o Vizela e assina pelo Al-Faisaly, da Arábia Saudita. O ponta de lança brasileiro tinha mais um ano de contrato com os minhotos, mas desde a temporada passada que a sua saída vinha sendo aventada.

O Vizela confirma o adeus de Cassiano, sem revelar os valores de negócio. O avançado, de 33 anos, deixa o clube, após duas épocas históricas. Foi o melhor marcador da II Liga, no ano da subida, e na temporada passada foi um dos melhores marcadores da equipa, a par de Schettine, com nove golos.

Em duas épocas, Cassiano fez 66 jogos e marcou 25 golos. Foi a terceira temporada do brasileiro no futebol português, depois de ter representado o Boavista. O Al-Faisaly foi 13.º classificado da liga saudita, na época passada, mantendo-se no escalão principal.

Com a saída de Cassiano, e depois de Schettine, que estava cedido pelo Braga, ter rumado ao Grasshoppers, o Vizela está com urgência de garantir reforço para o centro do ataque. Álvaro Pacheco tem apenas um ponta de lança no plantel, o nigeriano Friday Etim, de 20 anos. Na época passada, Etim foi o melhor marcador da Liga Revelação, com 14 golos.

O internacional montenegrino Milutin Osmajic tem sido apontado, pela imprensa, como alvo dos vizelenses. O ponta de lança, de 23 anos, fez um golo, em 13 jogos pelo Cádiz, na última temporada. em janeiro foi cedido ao Bandirmaspor, da segunda divisão turca. Fez sete golos, em 14 jogos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+