Tempo
|
A+ / A-

Ricardo Horta. Ser melhor marcador do Sp. Braga “é algo indescritível”

15 mai, 2022 - 21:20

Capitão dos arsenalistas chegou aos 93 golos pelo clube minhoto.

A+ / A-

O extremo Ricardo Horta diz ter um “sentimento de orgulho” depois de ter batido o recorde de golos marcados pelo Sp. Braga.

Em declarações à NEXT, televisão dos arsenalistas, considera que tornar-se “o melhor marcador da história deste clube centenário, que é um clube enorme, é algo indescritível”.

“Confesso que, à medida que os golos iam passando e me aproximava da marca, ficava um pouco ansioso, se iria conseguir ou não. Felizmente, consegui e estou muito orgulhoso”, acrescentou.

Horta explica a sua visão sobre o feito alcançado: “Tento dar o meu melhor em todos treinos, em todos os jogos, e os golos vêm por acréscimo. Volto a frisar - gosto muito de dizer isto - o futebol é um jogo coletivo, não se joga sozinho. Agradecer a todos os meus colegas com quem partilhei estes 93 golos, porque sem eles não era possível”.

Ricardo Horta marcou 93 golos pelos arsenalistas, ultrapassando os 92 de Mário Laranjo.

“Quando cheguei, muito novinho, com 21 anos, queria dar o meu melhor e mostrar e o meu futebol. À medida que os anos foram passando, cada vez mais a marca se aproximava e passou a ser um objetivo”, acrescentou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+