Tempo
|
A+ / A-

Tondela e B SAD descem à Segunda Liga. Moreirense sobrevive (para já)

14 mai, 2022 - 17:39 • Diogo Camilo

Golo do Boavista aos 86 minutos ditou a despromoção dos beirões e deu uma nova oportunidade aos cónegos, que golearam o Vizela por 4-1.

A+ / A-

Golos, nervos e emoção até ao fim. Três equipas lutavam por uma última oportunidade de se manterem na Primeira Liga, através de um play-off com o terceiro classificado da Segunda Liga, mas, no final, é o Moreirense que fica com o antepenúltimo lugar da classificação, levando à despromoção o Tondela e a B SAD, que não foram além de empates na 34.ª jornada.

O Moreirense, que contava com menos um ponto que Tondela, necessitava de vencer em casa o Vizela e esperar que o emblema beirão não conquistasse os três pontos. E o jogo começou da melhor forma para os cónegos, vendo-se a jogar com mais um jogador aos 3 minutos, após expulsão de Ivanildo Fernandes, e marcando dois golos nos primeiros minutos, por Sori Mané, aos 8, e Artur Jorge, aos 16 minutos.

Antes do intervalo, o marcador já estava em 3-0, golo de Derik Lacerda, mas os olhos e ouvidos estavam em Tondela.

Na posição de play-off à entrada para a última jornada, os beirões “só” necessitavam de igualar o resultado do Moreirense e tiveram os primeiros motivos para sorrir aos 41 minutos, quando Modibo Sagnan colocou o clube à frente do marcador - e com esperança na manutenção ao intervalo.

Mas a segunda parte começou com um balde de água fria: Kenji Gorré igualou a partida e voltou a colocar o Moreirense no antepenúltimo lugar aos 50 minutos. Pouco depois, os cónegos festejaram mais uma vez, para o 4-0, com Yan Matheus a marcar aos 65 minutos.

Já perto do final da partida, com o precipício da Segunda Liga à vista, o Tondela voltou a marcar por João Pedro, aos 77 minutos, e voltou a ganhar esperança. Até hoje, o clube era o único, a par de Benfica, Sporting e FC Porto, a nunca ter sido despromovido da Primeira Liga.

A esperança acabaria nos pés de Yusupha, que fez o empate do Boavista aos 86 minutos, um golo que ditou a despromoção do Tondela. Em Arouca, a B SAD não foi além de um empate a zeros e também confirmou a descida.

O Moreirense, que não disse ainda adeus à divisão principal, viria a sofrer um golo nos descontos, por Marcos Paulo.

A equipa treinada por Ricardo Sá Pinto vai saber na manhã deste domingo com quem irá discutir a última vaga na próxima Primeira Liga: Rio Ave, Casa Pia e Chaves.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+