Tempo
|
A+ / A-

Jorge Silva

"Respira-se melhor" em Famalicão

03 mai, 2022 - 13:21 • Luís Aresta

O clube minhoto garantiu a permanência no sofá, quando o Paços de Ferreira empatou o jogo com o Tondela. Jorge Silva, presidente do clube, satisfeito pelo "objetivo alcançado".

A+ / A-

Tardou mais foi. À conta do empate consentido pelo Tondela, sobre o cair do pano, em Paços de Ferreira, o Famalicão garantiu a permanência na I Liga. Os 33 pontos garantem a continuidade, no minicampeonato com Tondela, Vizela e Arouca. O presidente do FC Famalicão, Jorge Silva, tal como milhares de famalicenses, já respira melhor.

“É um dia bastante mais tranquilo, respira-se bem melhor, porque o objetivo dos famalicenses foi alcançado”, diz, numa entrevista a Bola Branca.

No início da época, nem Jorge Silva, nem os adeptos do Famalicão, esperavam tamanho sofrimento.

“O futebol é isto, só quem não anda lá é que não entende. Claro que todos famalicenses observam um plantel e uma estrutura de qualidade, competência e, claramente, ninguém estaria à espera de sofrer tanto. A vida é isto mesmo, acreditar, trabalhar, conseguir objetivos e o mais importante é que o objetivo foi conseguido”, sublinha o presidente do emblema minhoto, que confia na SAD para uma preparação adequada da época que vai arrancar no primeiro fim de semana de agosto.

“Quero acreditar que o trabalho está a ser feito e a seu tempo será divulgado. É uma área que está sob a alçada da SAD. É algo que o clube observa com muita atenção”, declara o presidente do clube.

A época do FC Famalicão começou com Ivo Vieira como treinador,e vai terminar com Rui Pedro Silva no banco. A continuidade da atual equipa técnica ainda não é um dado adquirido. A decisão está nas mãos da SAD. “Não me vou imiscuir nessas áreas”, acentua o presidente do clube Jorge Silva. “É uma gestão que compete a quem de direito e a esse nível não posso fazer qualquer observação”, remata o dirigente.

O FC Famalicão subiu à I Liga no final da época 2018/19, como segundo classificado da Liga 2. A próxima temporada será a quarta, consecutiva, no primeiro escalão do futebol português.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+