Tempo
|
A+ / A-

I Liga

Santa Clara tenta segurar Morita

07 jan, 2022 - 10:10 • Eduardo Soares da Silva

Internacional japonês tem interessados na Europa e poderá sair em janeiro. Santa Clara rejeitou proposta a rondar os 5 milhões de euros no verão.

A+ / A-

Hidemasa Morita, médio do Santa Clara, tem novamente abordagens no mercado de transferências de janeiro e a continuidade do internacional japonês até ao fim da época não é garantida, embora o Santa Clara queira segurar o jogador, sabe a Renascença.

O emblema açoriano já foi abordado por clubes dos escalões secundários de Inglaterra, nomeadamente o Hull City, da Holanda e até da Turquia. Morita esteve muito perto de sair para o Fenerbahçe, no último verão, mas a nova direção da SAD quis segurar o jogador.

Apesar do interesse, o plano da SAD açoriana é segurar Morita, e uma renovação de contrato poderá estar em cima da mesa para convencer o japonês a ficar, pelo menos, até ao final da temporada.

Na altura, o Santa Clara rejeitou a proposta a rondar os 5 milhões de euros por "não defender os interesses desta SAD, nem corresponde ao real valor de mercado do ativo em causa".

Morita tem uma cláusula de rescisão de 10 milhões de euros e tem contrato por mais duas épocas e meia, até 2024.

O médio de 26 anos, 12 vezes internacional pelo Japão, está na segunda temporada no Santa Clara. Esta época, leva dois golos e uma assistência em 23 jogos disputados.

Garantida é a presença de Morita no jogo desta sexta-feira frente ao Sporting. O jogo frente no Estádio de São Miguel tem pontapé de saída marcado para as 18h30, com relato na Renascença e acompanhamento, ao minuto, em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+