Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

I Liga

Estoril formaliza pedido de adiamento do jogo com o FC Porto

04 jan, 2022 - 16:18 • Inês Braga Sampaio com Redação

Clube canarinho tem mais de 30 casos de Covid-19. Nova regra em caso de surto obriga a que cada equipa tenha, pelo menos, 13 jogadores na ficha de jogo, incluindo um guarda-redes.

A+ / A-

O Estoril formalizou, junto da Liga de Clubes e do FC Porto, o pedido de adiamento do jogo de sábado, conforme adiantado por "O Jogo" e confirmado pela Renascença, devido ao surto de Covid-19 que afeta o clube.

A mais recente bateria de testes no Estoril descobriu mais casos. No total, o clube já tem mais de 30 infetados, entre jogadores, "staff" e equipa técnica, incluindo na equipa sub-23, que seria o plano B da SAD para compor a ficha de jogo frente ao rival da 17.ª jornada do campeonato.

Contactado pela Renascença, o Estoril confirma que pediu oficialmente o adiamento do jogo ao FC Porto, que agora tem 24 horas para responder.

A nova regra das competições profissionais de futebol sobre a Covid-19, implementada em dezembro de 2021, obriga a que cada equipa tenha, pelo menos, 13 jogadores na ficha de jogo, incluindo um guarda-redes. O Estoril tem 36 atletas inscritos na Liga de Clubes.

O futebol português tem sido novamente afetado pela Covid-19. FC Porto, Sporting, Benfica, Sporting de Braga, Tondela, Vitória de Guimarães, Marítimo e Boavista também confirmaram casos nas últimas semanas.

A Liga reuniu-se na sexta-feira com os departamentos médicos dos clubes e pretende reforçar a vacinação e a "bolha" contra a Covid-19.

[notícia atualizada às 17h26]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+