Tempo
|
A+ / A-

Marítimo vai receber um milhão de euros do Zamalek

27 out, 2021 - 14:26 • Lusa

Decisão do TAS. Em causa está a transferência de Mohamed Ibrahim do Egito para a Madeira, na temporada 2014/15.

A+ / A-

Os egípcios do Zamalek foram condenados pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), esta quarta-feira, a pagar um milhão de euros ao Marítimo, pela transferência de Mohamed Ibrahim na época 2014/15.

Segundo o advogado Gonçalo Almeida, da equipa que assessorou juridicamente o Marítimo no processo, o TAS confirmou a decisão que tinha sido proferida pelo Comité do Estatuto do Jogador da FIFA, que condenara o Zamalek ao pagamento de um milhão de euros, mais juros.

“Trata-se de um excelente resultado, fruto de um longo processo, dividido em duas etapas, em que a Marítimo SAD fez prevalecer o seu direito a receber um valor extra pela transferência do jogador”, refere o advogado.

O médio Mohamed Ibrahim, atualmente com 29 anos, chegou ao Marítimo como o jogador mais caro da história do clube, na época 2014/15, proveniente do Zamalek. Clube ao qual regressou poucos meses depois, após ter disputado apenas oito jogos pela equipa insular.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+