Siga-nos no Whatsapp
A+ / A-

Copa América

Messi já é o quinto na lista dos melhores marcadores da Copa América

10 jul, 2024 - 12:40 • Lusa

No MetLife Stadium, o jogador de 37 anos estreou-se a marcar na edição 2024, ao apontar o segundo golo dos albicelestes, que se apuraram para mais uma final do torneio.

A+ / A-

O argentino Lionel Messi ascendeu na madrugada desta quarta-feira ao quinto lugar dos marcadores da história da Copa América e tornou-se apenas o segundo futebolista a faturar em seis edições.

No MetLife Stadium, em East Rutherford, o jogador de 37 anos estreou-se a marcar na edição 2024, ao apontar o segundo tento dos albicelestes na meia-final com o Canadá, aos 51 minutos, passando a contar 14 tentos na competição.

Messi deixou para trás os compatriotas José Manuel Moreno e Gabriel Batistuta, os brasileiros Jair Pinto e Ademir Menezes e o uruguaio Héctor Scarone, que marcaram 13, e igualou o peruano Paolo Guerrero e o chileno Eduardo Vargas.

Guerrero, de 40 anos, e Vargas, de 34, estiveram presentes na atual edição da Copa América, mas não conseguiram marcar e as suas seleções já foram eliminadas da prova.

Messi, que ainda vai disputar a final, no domingo, ficou a apenas um golo do pódio, ocupado, com 15 tentos, pelo peruano Lolo Fernández e o uruguaio Severiano Varela.

No que será, certamente, o seu último encontro na prova, o oito vezes Bola de Ouro já não deve chegar aos dois líderes da tabela, o argentino Norberto Méndez e o brasileiro Thomas Silva, mais conhecido como Zizinho, que marcaram 17.

Para já, Messi igualou outro registo recorde de Zizinho, ao marcar numa sexta edição diferente: tinha apontado dois golos em 2007, um em 2015, cinco em 2016, um em 2019 e quatro em 2021, ficando em 'branco' apenas em 2011.

Quando se estreou na 48.ª edição, também com um triunfo por 2-0 sobre o Canadá, mas na fase de grupos, Messi passou também a ser o recordista de jogos.

Nos 38 jogos disputados, em sete edições, o atual 'capitão' da Argentina somou 24 vitórias, 11 empates e apenas três derrotas, com 14 golos e 18 assistências, tendo conquistado o título em 2021 e perdido as finais de 2007, 2015 e 2016.

A Argentina, detentora do título, qualificou-se na terça-feira para a final da edição 2024 da Copa América em futebol, ao bater o estreante Canadá por 2-0.

Julián Álvarez, aos 23 minutos, e Lionel Messi, aos 51, marcaram os tentos da formação 'albi-celeste', que procura o 16.º título e segundo consecutivo.

Na final, marcada para domingo, pelas 20 horas locais (uma de segunda-feira em Lisboa), em Miami, na Florida, a Argentina defronta o vencedor da segunda meia-final, esta madrugada, entre o Uruguai, que conta 15 títulos, e a Colômbia, campeã em 2001.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+