Tempo
|
A+ / A-

Manchester United. Greenwood só será julgado por abuso sexual e agressão dentro de um ano

21 nov, 2022 - 10:46 • Redação

O avançado internacional inglês, de 21 anos, também responde por crime de comportamento controlador e coercivo contra a ex-namorada. Está suspenso pelo Manchester United.

A+ / A-

Mason Greenwood, avançado do Manchester United, começará a ser julgado, pelos crimes de tentativa de violação, agressão intencional e comportamento controlador e coercivo, dentro de um ano, a 27 de novembro de 2023.

O internacional inglês, de 21 anos, foi detido pela primeira vez em janeiro, depois de a ex-namorada ter publicado fotos e vídeos, nas redes sociais, com o rosto ensanguentado e hematomas, e a legenda: "Para quem quiser saber o que Mason Greenwood me fez."

Greenwood foi libertado a 2 de fevereiro sob fiança condicional; um dos termos impostos pelo tribunal de Manchester impedia-o de ter qualquer tipo de contacto com a vítima. Contudo, voltou a ser detido em outubro, por não ter respeitado as condições da fiança.

A acusação de tentativa de violação refere-se a outubro de 2021 e a alegada agressão terá sido cometida dois meses depois. O jogador é acusado de comportamento controlador e coercivo por mensagens denunciadoras e insultuosas à denunciantes entre novembro de 2018 e outubro deste ano.

Greenwood foi suspenso pelo Manchester United após a detenção e também perdeu patrocínios, incluindo o da Nike. A EA Sports, que produz os videojogos FIFA, retirou-o da sua base de jogadores.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+