Tempo
|
A+ / A-

Claudio Ranieri: "Com Mourinho no banco tudo é possível"

03 out, 2022 - 10:14 • Redação

O treinador italiano sabe bem o que é contrariar as probabilidades. Roma não é candidata ao título, diz, mas o Leicester City, com que foi campeão em Inglaterra, também não era.

A+ / A-

Claudio Ranieri não aponta a Roma como um dos candidatos ao título em Itália, mas ressalva que com José Mourinho como treinador "tudo ponde acontecer".

"Mou tem a equipa certa para galvanizar os adeptos e o Olímpico está sempre cheio. Vamos deixá-lo trabalhar. Não creio que tenha um plantel para ser campeão, mas com ele no banco tudo é possível", diz o técnico italiano, em declarações à Radio Rai.

Ranieri, de 70 anos, sabe bem o que é vencer como "underdog". O treinador, que já esteve na Roma, foi o líder de uma equipa que causou uma das maiores surpresas da história do futebol, quando conquistou a Premier League, pelo Leicester City em 2016.

Se a Roma fosse campeã italiana, esta época, a surpresa não seria tão grande, mas não deixaria de ser surpreendente. A Roma tem três títulos na Serie A, o último há mais de 20 anos. A equipa venceu o Inter (1-2) no fim de semana e está na 6.ª posição do campeonato, a quatro pontos de Nápoles e Atalanta, que estão na frente da classificação.

Claudio Ranieri, que está sem clube depois da passagem pelo Watford na época passada, tem sido associado a um possível regresso à Sampdoria, último classificado da Serie A. O treinador, que esteve duas épocas no clube, entre 2019 e 2021, revela que não recebeu qualquer contacto.

Marco Gimpaolo foi despedido da Sampdoria, após a derrotas com o Monza. O clube de Génova está no último lugar, com dois pontos, em oito jogos, a quatro pontos do Bolonha, a primeira equipa em zona de manutenção.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+