Tempo
|
A+ / A-

Zidane sonha com a seleção francesa e não descarta o PSG

23 jun, 2022 - 11:07 • Redação

Em entrevista ao jornal "L'Équipe", no dia em que completa 50 anos, Zidane expõe os critérios que pesa para aceitar um novo projeto.

A+ / A-

Zinédine Zidane assume o desejo de voltar à seleção francesa, mas agora para ocupar o lugar de treinador. O momento em que poderá concretizar esse objetivo de carreira está por definir e, neste momento, a equipa "está bem entregue".

Didier Deschamps tem contrato até ao final do Campeonato do Mundo do Qatar e no início de 2023 a Federação Francesa tomará uma decisão.

"Se tiver de acontecer, acontecerá, seja nesse momento ou noutro. Eu assumo que um dia quero ser selecionador de França. Hoje a equipa está entregue, com os seus objetivos. Mas se a oportunidade surgir, eu lá estarei para a agarrar", diz Zidane, em entrevista ao "L'Équipe" publicada esta quinta-feira, no dia em que completa 50 anos.

Depois de um ano sem treinar, desde que deixou o Real Madrid no verão de 2021, Zidane tem sido associado a vários clubes, nomeadamente o PSG. O marselhês não será o novo treinador dos parisienses, que estão a fechar contrato com Christophe Galtier, mas esclarece que não fecha a porta ao clube da capital.

O Manchester United foi outro clube a que foi associado, mas Zidane explica que há critérios que pondera na hora de avaliar possibilidades e, no caso concreto, há uma barreira que o retrai.

"Eu compreendo inglês, mas não domino a língua. Eu sei que há treinadores que vão para determinados países sem falar a língua, mas eu funciono de outro forma. Há muitos fatores que entram em jogo para ganhar", explica.

Zidane, de 50 anos, só treinou o Real Madrid na sua carreira. Venceu três Ligas dos Campeões e foi duas vezes campeão espanhol.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+