Tempo
|
A+ / A-

Chelsea

Thomas Tuchel "muito feliz" no Porto e avesso a um jogo de ténis

28 mai, 2021 - 20:38 • Redação

Treinador do Chelsea recusa que a final da Liga dos Campeões seja um duelo Tuchel-Guardiola e recorda memórias do Dragão.

A+ / A-

Thomas Tuchel está "muito feliz" por regressar ao Porto para tentar conquistar com o Chelsea a Liga dos Campeões, frente ao Manchester City, numa final que recusa definir como um duelo de treinadores.

"Nunca diria que sou eu contra o Pep [Guardiola], não vamos ter um jogo de ténis. O Pep vai preparar a sua equipa e eu vou preparar a minha da melhor forma possível. Temos a noção de quão bravos e corajosos vamos ter de ser. É sempre difícil defrontar o City, Bayern ou Barcelona com o Pep na linha. Ele gera uma grande crença e sucesso e tem uma mentalidade vencedora enorme", admitiu o técnico alemão.

Na conferência de imprensa de antevisão da partida, Tuchel elegeu o fator decisivo para a final: "Tem a ver com a fome que tens de vencer."

Embora tenha sentido o plantel do Chelsea "muito concentrado, focado e disciplinado", o treinador atribuiu o favoritismo ao Manchester City:

"Talvez nesta altura eles sejam a melhor equipa europeia do mundo e conseguiram uma grande diferença pontual para nós na Premier League, mas conseguimos encurtar essa distância em 90 minutos em Wembley [Taça] e voltámos a diminuir a diferença em Manchester [Liga]."

Tal como o treinador do Manchester City, Pep Guardiola, Tuchel reconheceu que é impossível replicar as condições de um desempate por grandes penalidades. No entanto, assinalou que podem ser criados "padrões e algum ritmo" no treino: "Foi isso que fizemos."

Regresso a Portugal deixa Tuchel "muito feliz"


Thomas Tuchel revelou, ainda, que se encontra "muito feliz por estar de volta a Portugal", um país de que tem "excelentes memórias".

"Da última vez que estive no Porto, fiquei um grande admirador do estádio [Dragão] e é muito bom regressar. Não poderia imaginar que teria a oportunidade de discutir esta final em Portugal. O FC Porto é um clube fantástico. Desde jovem que os acompanho, quando jogaram a final frente ao Bayern Munique [em 1987]", recordou o técnico alemão.

A final da Liga dos Campeões, entre Chelsea e Manchester City, está marcada para sábado, às 20h00, no Estádio do Dragão, no Porto.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+