Tempo
|
A+ / A-

Fórmula 1 só com 22 corridas. GP da Rússia não terá substituto

18 mai, 2022 - 15:02 • Redação

Grande Prémio russo ia realizar-se no final de de setembro, no entanto, foi cancelado devido à guerra na Ucrânia.

A+ / A-

A organização do Mundial de Fórmula 1 anunciou, esta quarta-feira, que o Grande Prémio da Rússia, cancelado devido à guerra na Ucrânia, não terá substituto, pelo que o calendário de 2022 fica com apenas 22 corridas.

"Não haverá Grandes Prémios adicionais acrescentados ao calendário para preencher a vaga [da Rússia], o que significa que o calendário de 2022 terá 22 corridas", pode ler-se no site oficial da Fórmula 1.

O GP da Rússia ia realizar-se entre 23 e 25 de setembro, em Sochi. Foi suspenso no final de fevereiro. Cerca de uma semana depois, a F1 anunciou a rescisão de contrato com os promotores do GP da Rússia.

"A Fórmula 1 confirma que rescindiu contrato com o promotor do Grande Prémio da Rússia, o que significa que a Rússia não terá uma corrida no futuro", esclareceu, então, a organização, em comunicado oficial.

F1 e Rússia estavam ligadas até 2025. Estava planeado que, em 2023, o GP da Rússia mudasse de Sochi para São Petersburgo, onde estrearia o renovado circuito de Igora Drive. Algo que já não acontecerá.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+