Siga-nos no Whatsapp
A+ / A-

Roberto Martínez

Lesão tramou Pote. "Tinha todas as opções de estar nesta lista"

15 mar, 2024 - 13:16 • Inês Braga Sampaio

Roberto Martínez também aborda a estreia de Jota Silva, os regressos de Nuno Mendes e Pepe, e o descarte de Galeno, que escolheu o Brasil: "Para jogar na seleção, é preciso querer."

A+ / A-

Roberto Martínez assume que a lesão de Pedro Gonçalves chegou em muito má altura, dado que teria possibilidade de integrar a mais recente convocatória da seleção nacional, que serve para testar novas soluções.

O jogador do Sporting lesionou-se frente à Atalanta, na véspera, e não integra a lista anunciada esta sexta-feira para os amigáveis com Suécia e Eslovénia, os últimos antes da convocatória final para o Euro 2024.

Pedro Gonçalves

"Pote está a ter uma época espetacular. Dezasseis golos, 13 assistências. Teve muito azar. A lesão chega num momento difícil. As lesões fazem parte da vida do jogador e o Pote vai voltar aos relvados ainda mais fortes, mas é um momento difícil, porque o Pote tinha todas as opções de estar nesta lista."

Pedro Gonçalves II

"É um período de recolha de informação. A mensagem para o Pote é continuar com o que está a fazer. Há sempre oportunidades e opções. O importante é voltar ainda mais forte. Lesões e azar fazem parte da carreira de um jogador. A porta da seleção para jogadores que estão em bom momento pode estar aberta."

Jota Silva

"Jota silva é um jogador diferente. Gosto da versatilidade, é muito competitivo, assim mostra o seu caminho. Jogar na segunda divisão dá valências diferentes. Na carreira de jogador precisas também de ter sorte e ele está num momento muito bom e mereceu a chamada à seleção. O Jota representa isso e é um exemplo para jogadores que não jogaram nas seleções jovens mas que agora estão a um nível em que mereciam estar na seleção. É um bom exemplo."

Wanderson Galeno

"Não [há arrependimentos]. Para jogar na seleção, é preciso querer e ter uma vontade que saia do coração. Representar o povo português é especial. Acompanhámos Galeno durante o último ano, mas precisamos de respeitar. Falei com ele, ele quis jogar pelo Brasil."

Nuno Mendes

"Nuno Mendes está num momento muito bom, trabalhou muito bem e está num clube de muita exigência e os seus desempenhos estão ao máximo nível. É muito importante para nós trabalhar com o Nuno e ver como é que ele está. É um jogador diferente. Temos o Raphael Guerreiro e podemos jogar com João Cancelo e Diogo Dalot à esquerda, como fizemos na fase de apuramento, mas o Nuno Mendes dá-nos uma opção diferente dentro do plantel."

Pepe

"O desempenho do Pepe na Liga dos Campeões foi divinal, espetacular. Ver um jogador como o Pepe defender 210 minutos contra a melhor equipa de ataque da Premier League foi incrível e é por isso que está a jogar ao nível a que está a jogar. É um profissional exemplar e está apto. O nosso balneário é um balneário melhor quando o Pepe está na seleção. Vamos ver como o Pepe terminará a época e de como desfrutará do papel na seleção. Para nós, é uma figura importante."

Rafael Leão terá mais protagonismo?

"O Rafael tem muito protagonismo na seleção. Gosto muito da personalidade dele. Tem um plantel importante, mostrou uma maturidade muito, muito boa na seleção. É um jogador muito importante para nós."

Convocatória alargada

"É um formato para março. Março é um período muito difícil para os jogadores, com muitos jogos e fadiga mental, então, temos de lidar com isso. Esta lista tem três grupos: um grupo para os dois jogos, um grupo para o primeiro jogo e um grupo para o segundo. Na segunda-feira vamos dar a lista de 23, 24 jogadores para o primeiro jogo."

Três ausências espreitam o Euro

"Diogo Jota, Ricardo Horta, Pedro Neto são jogadores muito importantes e esperaremos que voltem aos relvados para terem oportunidade de voltar à lista."

Convocatória final

"Ainda temos oportunidade de que a UEFA possa incrementar o número de jogadores. no mundial foi de 26, todos no banco. gostaríamos de ter 25, 26 jogadores. Em abril temos o workshop da UEFA na Alemanha e podemos falar disso. Há jogadores que não estão no estágio de março."

Portugal é favorito no Euro 2024?

"Há candidatos, não favoritos. A diferença entre ficar pela fase de grupos e chegar longe é a prestação nos primeiros três jogos. França, Inglaterra, Espanha, Bélgica têm jogadores que podem ganhar a qualquer seleção. Alemanha e Itália têm uma competitividade nos torneis que fazem delas candidatas. [A sétima é Portugal?] Certo. Os nossos jogadores têm nível para lutar e ganhar os grandes jogos, não tenho dúvida de que podemos competir com as melhores seleções da Europa."

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+