Tempo
|
A+ / A-

Fernando Santos

"Nuno Mendes pediu para ficar com a seleção e o PSG aceitou"

01 dez, 2022 - 12:17 • Redação

Selecionador nacional acredita que a decisão de Nuno Mendes revela "o espírito e união da equipa".

A+ / A-

Fernando Santos, selecionador nacional, lamentou a lesão que tira Nuno Mendes do Campeonato do Mundo e revela que foi o lateral que pediu para continuar com a seleção, um pedido aceite pelo seu clube, o Paris Saint-Germain.

"Infelizmente vai ficar fora do Mundial. Continua connosco por vontade expressa do jogador e que o clube acedeu. Teríamos de colocar a questão ao clube, mas eles aceitaram porque pode fazer aqui a recuperação. Ele mostrou grande vontade de estar connosco, mostra o estado de espírito e união desta equipa", disse.

A Renascença noticiou, na noite de quarta-feira, que o lateral não volta à competição a tempo de ainda jogar o Mundial, depois de uma lesão muscular na coxa esquerda frente ao Uruguai.

Ao que Bola Branca apurou, Nuno Mendes enfrenta um período de paragem de cerca de dois meses e regressará à competição apenas no final de janeiro, já muito depois do fim do Mundial.

Nuno Mendes junta-se a Danilo Pereira no lote de jogadores da seleção indisponíveis para o resto do Mundial, ainda que exista uma pequena esperança da recuperção de Danilo a tempo de uma eventual presença nas meias-finais e final. Os dois defesas são dor de cabeça a Fernando Santos no setor mais recusado.

O Coreia do Sul-Portugal está agendado para as 15h00 de sexta-feira e tem relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+