Tempo
|
A+ / A-

Mundial 2022

Fernando Santos quer o primeiro lugar para ter mais um dia de descanso antes dos "oitavos"

01 dez, 2022 - 11:41 • Redação

Selecionador nacional prevê dificuldades frente à Coreia do Sul, jogo que vai decidir o desfecho do grupo.

A+ / A-
Fernando Santos admite alterações para o jogo com a Coreia do Sul
Fernando Santos admite alterações para o jogo com a Coreia do Sul

Fernando Santos quer que a seleção confirme o primeiro lugar do grupo para poder ter mais um dia de descanso e não para poder evitar um confronto com o Brasil nos oitavos de final.

"O fator mais importante é ter mais um descanso, porque é muito diferente jogar três dias depois, ou quarto. Entendo a questão de fugir ao Brasil, mas nem eu, nem o Tite estamos preocupados com isso. É redutor pensar assim quando se chega a uma prova destas e com ambição. Ter mais 24 horas para descansar é muito importante e esse é um dos aspetos mais importantes de querermos o primeiro lugar", disse.

O selecionador assumiu que pode mexer na equipa para evitar lesões e suspensões para os oitavos de final, mas pela frente estará um adversário complicado na Coreia do Sul.

"Sabemos a dificuldade do jogo, porque a Coreia é um adversário de muita qualidade. Fez dois jogos tremendos e os resultados não acompanharam as excelentes exibições. São muito rápidos, objetivos na frente e com os laterais muito subidos", analisa.

Fernando Santos acredita que é hora da atual geração de jogadores provar que é uma das melhores de sempre.

"Temos muitos jovens, há um equilíbrio no plantel. Em 2016, também tínhamos um jogador com 39 anos [Ricardo Carvalho]. São todos jovens, o Pepe é jovem, porque o que conta é o espírito. Esta geração começou em 2018, a geração de 2016 já terminou. Esta é uma equipa a crescer, que passou por uma fase não tão boa. Está a crescer muito e o jogo de amanhã é muito importante para esse crescimento", diz.

Sem pedido à FIFA

Questionado pela imprensa internacional se teria pedido à FIFA para rever o golo frente ao Uruguai, que originou dúvida em relação ao marcador, Fernando Santos riu-se e garante que ninguém da seleção o fez.

"Se não conheço ninguém na FIFA, como é que vou pedir? Ninguém da seleção pediu nada, o André Silva ontem deu a melhor resposta, que o golo até podia ter sido dado a ele"

Portugal-Coreia do Sul está marcado para a próxima sexta-feira, às 15h00, jogo com relato na Renascença e acompanhamento, ao minuto, em rr.sapo.pt

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+