Siga-nos no Whatsapp
A+ / A-

Mundial 2022

Jorge Andrade: "Jogar com Pepe não é um risco, é uma vantagem"

28 nov, 2022 - 12:45 • José Barata com Redação

O antigo central internacional português mostra-se pouco preocupado com os recentes problemas físicos do vice-capitão da seleção nacional, que vai ser titular diante do Uruguai.

A+ / A-

Jorge Andrade confia que Portugal sai beneficiado por jogar com Pepe frente ao Uruguai, apesar dos recentes problemas físicos do central.

Fernando Santos já confirmou: recuperado e face à lesão de Danilo Pereira, o segundo jogo da seleção nacional no Mundial 2022 tratar-se-á do regresso de Pepe à competição ao fim de quase dois meses.

Em entrevista a Bola Branca, Jorge Andrade desvaloriza o facto de o defesa do FC Porto entrar em prova, no jogo teoricamente mais difícil da fase de grupos, quase a frio: "Jogar com o Pepe não é um risco, é uma vantagem, porque, para mim, é um dos melhores centrais do mundo."

"Está provado que, no campo, os centrais têm um papel em que correm menos que os outros [jogadores]. Se a equipa estiver a atacar e a controlar mais o jogo, o Pepe vai, com certeza, ter uma função mais de passe e vai ter de fazer menos coberturas que o normal. Por isso, pode ser, também, que o jogo de Portugal ajude à integração do Pepe para voltar à grande forma", salienta o antigo central do FC Porto e da seleção nacional.

Jorge Andrade também mostra plena confiança em Diogo Costa. O guarda-redes cometeu um erro grave frente ao Gana, que por pouco não deu golo. Contudo, o antigo defesa portista salienta que o erro "faz parte do crescimento dos atletas" e que o que importa é que Portugal venceu.

"[Diogo Costa] está a tornar-se dos melhores jogadores e guarda-redes desta temporada, tanto no campeonato como na Liga dos Campeões. Estamos todos confiantes, porque é um jogador que veio mudar, também, a forma como os guarda-redes portugueses jogavam até aqui. Tem boa qualidade de pés, é muito bom dentro dos postes e também defende penáltis, ou seja, é um guarda-redes completo. Fora da área é espetacular. Com certeza que é uma mais-valia para a seleção", assegura.

Vencer para selar apuramento tranquilo


Jorge Andrade só pensa num resultado diante do Uruguai: a vitória, o que garantirá, logo à segunda jornada, o apuramento para os oitavos de final.

Embora reconheça que este é "o jogo mais difícil" do grupo H, o antigo internacional português destaca, também, que este Uruguai "não é tão forte" como o que eliminou Portugal no Mundial 2018, na Rússia.

"O Uruguai é sempre aguerrido. Tem excelentes jogadores, alguns já em fim de ciclo e outros em forma como Valverde e Darwin Núñez, mas o resto da equipa parce-me que já não está tão forte como em 2018. Nós, sim, recuperámos jogadores, temos jogadores que jogam nas melhores equipas e estão num momento bom da carreira. Por isso, temos tudo para poder garantir já hoje [esta segunda-feira] o apuramento", afiança.

A seleção nacional lidera o grupo H do Mundial 2022, com três pontos. Coreia do Sul e Uruguai somam um ponto, cada, e o Gana está em último, a zeros. Uma vitória frente ao Uruguai garante um lugar nos "oitavos".

Portugal e Uruguai defrontam-se a partir das 19h00, no Estádio de Lusail, em Lusail. Jogo que terá relato, em direto do Qatar, na antena da Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+