Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Beto defende Diogo Costa. "Não foi o único a errar"

25 nov, 2022 - 12:45 • José Barata

O antigo guarda-redes da seleção considera que jogada que poderia dar o 3-3 frente ao Gana não é da exclusiva responsabilidade de Diogo Costa. Beto avisa que frente ao Uruguai, Portugal não pode facilitar nada.

A+ / A-

Nos minutos finais do Portugal-Gana, e quando o resultado estava 3-2, Diogo Costa protagonizou um lance que poderia ter dado o empate à seleção africana. O guarda-redes colocou a bola no chão, não tendo visto que nas suas costas estava um jogador ganês. Em entrevista a Bola Branca, Beto, antigo guarda-redes da seleção, reparte as culpas por Diogo Costa e pelos jogadores de campo que não o avisaram da presença de um adversário.

"Foi um lance caricato e podia ter corrido mal para nós. Se é que há que atribuir alguma responsabilidade, ela não é só do Diogo. Porque todos os jogadores estão de frente para o Diogo, e todos viam que o Iñaki [Wlliams] estava nas suas costas, e provavelmente ninguém lhe deu um sinal para que ele pudesse perceber que tinha um jogador nas costas", afirma.

Tudo resolvido com Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo tinha sobre si as atenções, depois de tudo o que aconteceu com o Manchester United. Beto considera que o avançado demonstrou que o assunto é passado e que está totalmente focado na seleção nacional e nos seus objetivos.

"Aquilo que pode ter acontecido no United ficou nas portas da Cidade do Futebol assim que Portugal se concentrou. E o foco que Cristiano coloca na seleção ficou bem visível ontem. A paixão com que ainda joga, a motivação e a competitividade é de louvar. Já estava tranquilo em relação ao empenho do Ronaldo, porque sei o animal competitivo que ele é, sei que o foco dele está na seleção, está nos colegas de equipa, está no país, por isso não me surpreendeu nada, ver um Cristiano focado e tão competitivo", sublinha.

O próximo jogo de Portugal é contra o Uruguai. A equipa das quinas entram em campo como líder do grupo, no entanto Beto avisa que não pode haver qualquer facilidade da equipa de Fernando Santos.

"Portugal tem de entrar focado em vencer, e marcar uma posição forte naquele que é o objetivo que é passar esta fase de grupos, se possível em primeiro. Obviamente que temos de respeitar o Uruguai, porque é uma grande seleção, apesar do empate com a Coreia do Sul. O Uruguai passa a ter menos margem de erro para conseguir o apuramento para a fase seguinte. Portugal tem vantagem, mas não pode entrar a pensar nessa almofada em nenhum. Portugal tem de entrar competitivo e forte, respeitando o adversário, mas respeitando os seus objetivos", conclui.

O Portugal-Uruguai está agendado para as 19h00 de segunda-feira, com relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+