Tempo
|
A+ / A-

Liga das Nações

Há sete jogadores em risco de suspensão, mas Fernando Santos não vai poupar na República Checa

23 set, 2022 - 16:49 • Redação

Danilo Pereira é um dos jogadores em risco de falhar a Espanha, caso veja amarelo. Ausência de Pepe e apenas três centrais não preocupam Fernando Santos.

A+ / A-

A seleção nacional tem sete jogadores em risco de suspensão para o jogo com a Espanha, da Liga das Nações, caso vejam cartão amarelo na partida de sábado frente à República Checa. Ainda assim, Fernando Santos não vai poupar ninguém com isso no pensamento.

Bruno Fernandes, Bernardo Silva, Cristiano Ronaldo, Danilo Pereira, William Carvalho, Matheus Nunes e Rafael Leão ficarão de fora do jogo decisivo com a Espanha se virem amanhã cartão amarelo.

Fernando Santos pensa apenas na vitória e não nos castigos: "Temos que ganhar, não podemos fazer gestões. Temos de olhar dessa forma e vou colocar em campo a equipa que me dá mais garantias".

O caso do centro da defesa poderá ser o mais preocupante. Fernando Santos optou por não chamar nenhum central para substituir o lesionado Pepe. Caso Danilo Pereira veja amarelo, a seleção só terá Rúben Dias e Tiago Djaló para a posição frente à espanha.

"Tenho três centrais, não fazia sentido chamar mais um só para se sentar. Confio nos três centrais, não via razão para fazer substituição e espero não ter necessidade de o fazer", afirmou, em provável alusão a uma possível suspensão de Danilo.

Pela frente está a República Checa fora de casa, uma partida em que a seleção está à espera de grandes dificuldades.

"No Euro do ano passado fizeram um torneio muito, muito bom. Os jogadores criaram muitos problemas e já continuaram isso este ano. Em casa, a Espanha só empatou no último minuto e venceram a Suíça. Têm qualidade, sabem o que fazem", prevê.

Gonçalo Ramos é substituto de Félix e não Rafa

Gonçalo Ramos foi o jogador chamado após a saída de Rafa Silva da convocatória, que se retirou da seleção. Fernando Santos explica que não se trata de uma troca direta, porque caso fosse, não teria chamado ninguém.

Na base da chamada do avançado goleador do Benfica está a ausência, por lesão, de João Félix.

"Não substitui o Rafa pelo Gonçalo, o que está claro. Se assim fosse, seria alguém com as mesmas características e não teria chamado ninguém, porque a lista era longa, de 26 jogadores. Percebemos que o João Félix não iria estar neste jogo, o que aí sim me levou a chamar mais um jogador", explicou.

Portugal joga em casa da República Checa neste sábado, às 19h45, com relato na Renascença e acompanhamento, ao minuto, em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+