Tempo
|
A+ / A-

Francisco Neto

Seleção feminina continua a olhar para cima, mas já não tem de inclinar tanto o pescoço

18 jul, 2022 - 18:25 • Redação

Selecionador nacional destaca o crescimento de Portugal da primeira presença em Europeus, em 2017, para a segunda, este verão, apesar de em ambos ter ficado pela fase de grupos.

A+ / A-

Portugal cresceu da primeira presença de sempre em Europeus femininos, em 2017, para a segunda, este verão, considera o selecionador.

A comitiva da seleção regressou, esta segunda-feira, a Portugal, depois da eliminação na fase de grupos. À chegada, Francisco Neto destacou a evolução do futebol feminino português nos últimos cinco anos.

"Estamos cada vez mais próximos das equipas de topo. Temos essa ambição. Quando estamos a este nível, conseguimos competir com elas. É o grande passo. Mostrámos que estamos mais fortes, o que significa que estamos a fazer algo de bom", salientou o selecionador nacional, em declarações aos jornalistas que o esperavam no aeroporto de Lisboa.

Portugal estava no grupo C, com Suécia, vice-campeã olímpica, Países Baixos, vigentes campeões europeus, e Suíça, também mais cotada do que a equipa das quinas. Tal como em 2017, a equipa de Francisco Neto terminou a sua participação no Euro na fase de grupos. Porém, ao contrário de há cinco anos, não conseguiu vencer um único jogo e fez apenas um ponto no grupo C, com um empate e duas derrotas.

O empate surgiu frente à equipa teoricamente mais acessível, a Suíça (2-2). Portugal deu bastante luta aos Países Baixos, mas acabou por perder (3-2), e na última jornada do grupo foi goleado (5-0) pela Suécia.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+