Tempo
|
A+ / A-

Seleção Nacional

"Para mim Danilo é médio", disse Fernando Santos há um ano. Agora, convoca-o como defesa

30 set, 2021 - 13:47 • Redação

Tuchel, então treinador do PSG, utilizava Danilo a central. Em novembro de 2020, questionado sobre a situação, Fernando Santos foi taxativo: "Na seleção vai continuar a ser médio."

A+ / A-

Uma curiosidade da última convocatória da seleção nacional, divulgada esta quinta-feira, é a inclusão de Danilo Pereira entre os defesas. Algo que poderia passar despercebido, não fossem as palavras de Fernando Santos, há menos de um ano, sobre o jogador do Paris Saint-Germain.

O internacional português, então cedido pelo FC Porto, jogava a central no PSG. Uma opção de Thomas Tuchel, agora treinador do Chelsea, que mereceu comentário de Fernando Santos em novembro de 2020.

"Com enorme respeito pelo treinador do PSG, para mim o Danilo é medio. Pontualmente, pode jogar a central, até o William o pode fazer. Mas, na minha opinião, e eu respeito a dele, o Danilo é médio. Na seleção vai continuar a ser médio", salientou, na altura, o selecionador nacional.

Esta quinta-feira, quase um ano depois, Fernando Santos inclui Danilo entre os defesas, precisamente pela capacidade do jogador do PSG de fazer a posição de central, como aconteceu em jogos anteriores.

Uma decisão explicada pela carência de jogadores para a posição.

"Uns estão lesionados, outros estão a começar a jogar, outros vêm das seleções jovens. Considero que Danilo é, na realidade, uma opção forte que podemos utilizar sempre que for preciso", assinalou o selecionador, na conferência de imprensa em que divulgou a lista para os jogos com Qatar, amigável, e Luxemburgo, de apuramento para o Mundial 2022.

Portugal recebe o Qatar a 9 de outubro, sábado, às 20h15, e o Luxemburgo no dia 12, terça-feira, às 19h45. Ambos serão no Estádio Algarve e terão relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+