Tempo
|
A+ / A-

Seleção AA

Fernando Santos e a naturalização de Otávio e Matheus Nunes. "Nunca vou discriminar quem está apto"

26 ago, 2021 - 10:56 • Redação

Médio do FC Porto é uma das grandes novidades da convocatória. Matheus Nunes está na lista de jogadores que agradam a Fernando Santos e pode ser chamado "a qualquer momento".

A+ / A-

Fernando Santos, selecionador nacional, explicou a chamada de Otávio à seleção nacional, médio que se naturalizou português, e ainda a possível chamada, a curto-prazo, de Matheus Nunes.

Em conferência de imprensa, Fernando Santos garante que nunca vai forçar uma naturalização para poder chamar um jogador à seleção, mas nunca vai discriminar um jogador que está apto para representar a seleção.

"Nunca vou pedir ao meu presidente para naturalizar um jogador para vir à seleção, mas nunca vou discriminar ninguém que seja apto para jogar a seleção. Já o fiz no passado, outros já o fizeram também, com o Pepe, Liedson e eu fiz com o Dyego Sousa", explica.

Em resposta à Renascença, Fernando Santos explica a escolha de Otávio em vez de Sérgio Oliveira, também do FC Porto, e Pizzi, do Benfica. O selecionador diz que lida bem com as opiniões contrárias e dá o exemplo dos laterais-direitos.

"Quem sai é a eterna questão. Na minha perspetiva, entendo que estes são os que me podem servir melhor para estes jogos. Este é o exercício. Colocamos lá 40, depois é perceber como podemos escolher a lista final. Tenho 6 laterais-direitos na lista, mas só posso levar dois. Tenho de afinar o critério. Podemos sempre achar que podiam vir outros. Respeito as opiniões de todos, também há outras coisas, que são ataques de caráter e 'clubites'. Opiniões lido de forma clara", atira.

Questionado sobre Matheus Nunes, médio do Sporting, Fernando Santos explica que o jogador não estava disponível para o Europeu, pois ainda não tinha nacionalidade portuguesa, mas está agora no lote de jogadores que interessam à seleção.

"Não estava nos 40 antes do Campeonato da Europa, porque ainda não estava apto a poder representar a seleção. Já está apto, é um jogador que está cá desde os 12 anos. Já no ano passado o observamos com alguma regularidade. Está nestes 40 seguramente, pode ser chamado a qualquer momento.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    26 ago, 2021 Funchal 16:05
    Claro que sim. Todos fazem isso. Rússia, Suíça, Ucrânia, Itália, Espanha, França, EUA, Inglaterra...é a globalização.

Destaques V+