Tempo
|
A+ / A-

Benfica

Rui Costa. “Ganhar não nos dá descanso. Aumenta a nossa responsabilidade”

22 set, 2023 - 21:53 • Redação

Líder encarnado discursou, esta sexta-feira, perante os sócios, durante a Assembleia-Geral do Benfica.

A+ / A-

O presidente do Benfica, Rui Costa, diz estar “orgulhoso do desempenho desportivo da última época, orgulhoso da mobilização e apoio dos sócios ao longo do último ano, orgulhoso do equilíbrio financeiro alcançado”.

Em discurso, durante a Assembleia-Geral do Benfica, o líder encarnado garante, no entanto, que “queremos mais”. “Ganhar não nos dá descanso. Pelo contrário, aumenta a nossa responsabilidade”.

“No Benfica a ambição tem que ser sempre máxima e os títulos conquistados são um passado que nos envaidece, sim, mas que, igualmente, nos responsabiliza e nos motiva para novas glórias", acrescentou.

Por exemplo, “nas seis modalidades mais mediáticas, o futebol e as cinco de pavilhão, ganhámos 8 de 12 campeonatos possíveis e conquistámos cerca de 60% dos troféus disputados. Mais títulos do que todos os outros clubes juntos”.

Também o “Benfica Olímpico” conseguiu “performances notáveis” na canoagem, no atletismo e na natação.

"Já esta temporada começámos a época com a conquista de seis supertaças e dois troféus oficiais. Ganhámos tudo desde que a nova época começou. Ganhámos todas as competições oficiais disputadas em Portugal. Todas (…) São muitos os campeões e todos merecem o nosso apreço e gratidão”.

Para além do desportivo, Rui Costa elogiou ainda a “solidez económica” do clube. "Sucesso desportivo e solidez económica foi sempre o nosso pressuposto. E cumprimos".

O presidente do clube da Luz deu ainda conta do crescimento do número de sócios (quase mais 40 mil) e lembrou que o Benfica teve “as 16 maiores assistências da Liga”.

Entretanto, os sócios do Benfica aprovaram o relatório de gestão e as contas do exercício de 2022/23 com 82,27% dos votos a favor. Houve 10,08% de votos contra e 7,65% de abstenção, num universo de 474 votantes.

[atualizado às 23h00 com resultados da votação]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+