Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

I Liga

Benfica recebe Paços de Ferreira com liderança isolada à vista

30 ago, 2022 - 06:20 • Redação

Desde a jornada 9 da temporada passada que os encarnados não são líderes de forma isolada. Schmidt admite poupar, mas avisa para o facilitismo. Paços sem vários jogadores acredita que é possível pontuar na Luz, no jogo em atraso da jornada 3.

A+ / A-

O Benfica recebe o Paços de Ferreira, esta terça-feira, com a liderança do campeonato na mira. A equipa de Roger Schmidt ficará isolada no topo da tabela classificativa se vencer o jogo em atraso da jornada 3.

O deslize do FC Porto no terreno do Rio Ave (3-0), no domingo, abre caminho a que o Benfica possa ser a única equipa do campeonato a fazer o pleno nas primeiras quatro rondas e somar 12 pontos. Neste momento, os encarnados estão empatados com os portistas e o Portimonense, com nove pontos, e a um ponto do Braga, que ocupa o primeiro lugar.

Caso vença esta terça-feira, o Benfica liderará o campeonato de forma isolada, algo que já não acontece desde outubro de 2021, à nona jornada da temporada passada. Passou-se quase um ano desde então.

Uma ausência no Benfica, muitas no Paços


Frente ao Paços de Ferreira, jogo adiado para esta data por conflito de calendário, devido à participação do Benfica no "play-off" da Liga dos Campeões, Schmidt não poderá contar com os centrais Lucas Veríssimo e João Victor, lesionado, nem com o médio Fredrik Aursnes. O norueguês, mais recente reforço do Benfica, não estava inscrito na Liga na data original do encontro, pelo que fica forçosamente de fora.

Há dois jogadores do Paços na mesma situação: o central Erick Ferigra e o médio Adrián Butzke. Juntando a isto lesões e castigos, César Peixoto está sem 12 jogadores para a Luz - faltam também Jordi, Jorge Silva, Pedro Ganchas, Tiago Ilori, Matchoi Djaló, Gaitán, Luiz Carlos e Uilton.

Fatores que levam o treinador do Paços de Ferreira, que conta por derrotas os três primeiros jogos no campeonato, a considerar que pontuar frente ao Benfica seria uma vitória sobre as adversidades.

"Temos de ser rigorosos, ter coragem, nunca virar a cara a luta e ir lá tentar disputar o jogo, sabendo que vamos ter de saber sofrer. Não estamos na melhor fase, temos muitas baixas, mas temos 14 ou 15 jogadores com que contamos. Era importante pontuar, mas também é importante dar uma boa imagem, principalmente defensivamente. Sabemos que não estamos numa boa fase e o Benfica está. Mas é só um jogo. O impossível no futebol não existe", salientou, na antevisão.

Poupar jogadores, talvez. Facilitar é proibido

O treinador do Benfica mostrou-se surpreendido com as derrotas de Porto e Sporting com Rio Ave e Chaves, respetivamente, e usou esses resultados para vincar a qualidade da Liga portuguesa e deixar um aviso à sua equipa: "Não podemos subestimar qualquer adversário."

"Estou surpreendido com a qualidade da Liga portuguesa. Os três clubes promovidos já mostraram qualidade. O jogo com o Casa Pia foi muito difícil [para o Benfica, 0-1] e neste fim de semana as vitórias do Chaves e do Rio Ave mostram que há muita qualidade na Liga. O jogo com o Boavista também foi difícil para nós. Há muita competitividade, o que nos obriga a ter a atitude certa", advertiu Roger Schmidt.

O Benfica vai realizar o terceiro jogo em 10 dias, o oitavo de uma época em que a rotação do 11 tem sido mínima. Schmidt decidirá se e quantas mudanças fará com base no estado físico dos jogadores.

O encontro no Estádio da Luz terá arbitragem de Artur Soares Dias, da Associação de Futebol do Porto. Hélder Malheiro será o VAR.

Benfica, atual segundo classificado do campeonato, com nove pontos, defronta o Paços de Ferreira, penúltimo, sem qualquer ponto somado, a partir das 20h15, no Estádio da Luz. Jogo que terá relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+