Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Benfica

Schmidt não dá eliminatória com o Midtjylland como fechada

08 ago, 2022 - 12:43 • Redação

O Benfica joga na terça-feira, na Dinamarca, a 2.ª mão da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Parte com uma vantagem de 4-1.

A+ / A-

Roger Schmidt está confiante de que o Benfica vai seguir para o "play-off" da Liga dos Campeões, mas não dá a eliminatória com o Midtjylland como fechada, mesmo depois do 4-1 do jogo da 1.ª mão com os dinamarqueses.

"Espero que o adversário vá tentar tudo para dar a volta à eliminatória, que está no intervalo. Usámos a nossa vantagem em casa para alcançar um bom resultado. O mais importante amanhã [terça-feira] é estarmos presentes no jogo desde o primeiro segundo", observa, em conferência de imprensa.

O treinador do Midtjylland disse, após o jogo da Luz, que só um milagre poderia salvar a sua equipa, mas Roger Schmidt entende que tal afirmação foi apenas um desabafo.

"O treinador disse isso depois do jogo, mas neste momento pensa de forma diferente. Claro que ele acredita que é possível. Vão tentar, especialmente no início, voltar ao jogo. 4-1 não é 8-0. É um bom resultado, mas não está fechado. Eles não vão desistir. Têm um jogo muito físico, têm jogadores rápidos na frente, jogadores fortes fisicamente na defesa, importantes nas bolas paradas", avisa.

O treinador alemão admite fazer alterações na equipa inicial, que repetiu nos dois jogos oficiais realizados. Desde logo, aguarda para saber se vai contar com João Mário, que se lesionou no encontro com o Arouca.

"O João Mário está muito melhor do que no fim de semana. Vamos testá-lo no treino. Se ele não se queixar viaja connosco. Ainda há uma hipótese de ele jogar, mas ainda está em dúvida. Podemos sempre pensar em mudanças no 11 titular. Usámos os mesmos nos dois jogos realizados, porque eles mereceram e estão mais habituados a jogar uns com os outros", explica.

Schmidt sublinha, ainda, que o Benfica vai apresentar-se na Dinamarca com a mesma vontade de marcar golos, que apresentou nos dois jogos realizados, em que anotou oito golos. A ideia do alemão é ter bola e defender o mais longe possível da área.

"O mais importante no futebol é a posse de bola. Tentamos ser bons nestes momentos. Temos de ser cirativos e verticais, atacar a área do adversário. A melhor forma de defender é jogar distante da nossa área. Não vamos defender o resultado da 1.ª mão em cima da área. Queremos marcar na Dinamarca", remata.

O Benfica defronta o Midtjylland esta terça-feira, às 18h45, em jogo a contar para a 2.ª mão da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Partida com relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+