Tempo
|
A+ / A-

Carlos Leal

"Reinier é um grande talento, mas não teve sucesso no Dortmund"

24 jun, 2022 - 12:45 • João Fonseca

O jogador brasileiro, contratado pelo Real Madrid ao Flamengo, por 30 milhões de euros, esteve na Bundesliga nas duas últimas temporadas. O alvo do Benfica só fez umdesliga, em duas temporadas, e foi ao clube do português Carlos Leal.

A+ / A-

Perdido Mario Gotze, o Benfica parece tem no brasileiro Reinier um novo alvo. O jogador contratado pelo Real Madrid ao Flamengo, por 30 milhões de euros, é apontado como "um grande talento, mas não teve sucesso no Dortmund".

O avançado, que despontou no Flamengo com Jorge Jesus, esteve nas duas últimas temporadas na Bundesliga, emprestado pelo Real, com um registo de 39 jogos e apenas 1 golo, e logo ao Arminia Bielefeld, do português Carlos Leal.

O diretor desportivo do emblema germânico, em declarações a Bola Branca, aborda a passagem de Reinier pelo Dortmund, falando de um jovem que "prometia muito", mas revelando-se sem "capacidade de ter mais impacto na equipa".

No entanto, não deixa de ser "um jogador talentoso" que usa com mestria "o espaço em frente à grande área", zona do campo "onde se sente muito bem". Sem comparar com Gotze, a maior diferença está na diferença de idade e na experiência que o brasileiro ainda não tem, porque tecnicamente "são muito parecidos".

Contudo, Carlos Leal acredita que a vir para a Luz "vai ter sucesso" e que Roger Schmidt "terá o 'feeling' certo para Reinier". O médio ofensivo, de 20 anos, estreou-se na equipa principal do Flamengo, com Jorge Jesus. Em 15 jogos marcou seis golos e o Real Madrid avançou para a sua contratação.

Em Espanha, fez três partidas, com dois golos, pela equipa B do Real. Em duas temporadas no Dortmund, participou em 39 jogos, marcou um golo e fez uma assistência.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+