Tempo
|
A+ / A-

Domingos Soares Oliveira

SAD do Benfica aberta a investidores

06 abr, 2022 - 17:01 • Redação

Domingos Soares Oliveira, administrador da SAD, garante que desde que o clube mantenha a maioria da participação, os clubes grandes deveriam estar abertos a novos investidores.

A+ / A-

Domingos Soares de Oliveira, administrador da SAD do Benfica, revela que o clube encarnado está disposto a receber investidores, desde que o clube mantenha a maioria da participação na SAD.

Em entrevista ao "The Athletic", o administrador foi questionado sobre possíveis investidores como John Textor, que esteve perto de comprar 25% da SAD encarnada.

"Acho que a tendência hoje em dia é que os clubes portugueses - e estou a falar do Benfica mas posso dizer as mesmas coisas dos outros - têm de estar abertos em termos de potenciais novos investidores dependendo de dois pontos principais. Uma é que os clubes – e acho que FC Porto, Sporting e Benfica têm a mesma visão — não podem perder a maioria que têm enquanto empresa cotada", diz, antes de prosseguir.

"Dariam as boas-vindas a novos acionistas se, por exemplo, lhes permitissem avançar em termos geográficos, em termos de patrocínios e garantindo melhores condições de financiamento. Por isso, eles devem estar abertos a novos investidores se existir algum valor agregado por parte desses investidores, embora eu não ache que um destes três clubes possa perder a maioria do capital", disse.

John Textor, agora com participação no Botafogo e no Crystal Palace, esteve em negociações com José António dos Santos para a venda de 25% da SAD encarnada.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+