Tempo
|
A+ / A-

Petit quer ganhar a Taça da Liga para fazer história no Boavista

24 jan, 2022 - 12:33 • Redação

A equipa axadrezada está limitada a nível de opções e o treinador chamou três juniores para a meia-final da Taça da Liga, frente ao Benfica. "Temos a ambição de estar na final", diz o treinador.

A+ / A-

Petit não quer menos do que fazer história pelo Boavista e, independentemente das fragilidades provocadas por algumas ausências e pela força do adversário, o objetivo de conquistar a Taça da Liga não se altera.

Os axadrezados estão, pela primeira vez, na "final four" da competição, defrontam o Benfica, na terça-feira, e o horizonte é a final de sábado.

"É um troféu que nos falta e queremos fazer história no Boavista. Temos algumas ausências, mas vamos apresentar um 11 forte que dignifique a história do Boavista. Temos a ambição de estar na final", diz o treinador, em conferência de imprensa realizada em Fátima, esta segunda-feira, onde a equipa está a estagiar para o jogo que se realiza em Leiria.

Dez ausências, juniores chamados

Petit contabiliza 10 baixas no plantel, entre jogadores lesionados, ausentes nas seleções e emprestados pelo Benfica, mas isso não retrai a ambição de ultrapassar o Benfica, "um adversário forte e difícil".

Alireza, Javi García, Reggie Cannon, Jackson Porozo, Tiago Ilori, Malheiro, Vukotic, Reisinho, Tiago Morais e Yusupha não contam para o treinador que chamou quatro juniores à convocatória.

"No futebol não há idade, há compromisso com o clube. As ausências de uns são as oportunidades para outros. Estamos num bom momento, a nível de exibições. Esperamos um jogo difícil, com adversário difícil e queremos muito entrar na história e trazer troféu para casa", reforça.

Petit está muito centrado na sua equipa e nos problemas que tem para resolver, mas adverte que também está, naturalmente, atento ao que pode aproveitar no adversário. O Boavista, garante, está preparado para qualquer sistema que Nélson Veríssimo possa apresentar.

Para fazer história pelo Boavista, Petit terá de também fazer história no seu currículo. Como treinador, o antigo jogador dos encarnados nunca conseguiu vencer ou empatar com o Benfica. Em 13 jogos, 13 derrotas.

Na terça-feira, a partir das 19h45, terá nova oportunidade. A meia-final da Taça da Liga realiza-se em Leiria, com relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Na outra meia-final, também em Leiria, na quarta-feira, defrontam-se Sporting e Santa Clara. A final da Taça da Liga está marcada para sábado.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+