Tempo
|
A+ / A-

Eleições no Benfica

Luís Filipe Vieira já votou e foi recebido com insultos. “Nunca roubei o Benfica”

09 out, 2021 - 15:24 • Sofia Freitas Moreira com Redação

A seguir às declarações que prestou aos jornalistas, a PSP teve de ser chamada ao local para intervir. O ex-presidente do Benfica diz que irá "até às últimas consequências" para se defender. "Sei que sou perseguido, sinto-me como peça de caça, mas não vou permitir que façam isso".

A+ / A-

Luís Filipe Vieira deu entrada no Pavilhão n.º 2 da Luz para exercer o direito de voto no ato eleitoral para os órgãos sociais do Benfica, perto das 15h da tarde deste sábado.

À chegada, foi recebido com insultos por parte de alguns adeptos que se encontravam no pavilhão. A seguir às declarações que prestou aos jornalistas, a PSP teve de ser chamada ao local para intervir.

Foi a primeira aparição do ex-presidente do Benfica depois de ter sido detido e constituído arguido no âmbito do processo “Cartão Vermelho”.

Em declarações, Luís Filipe Vieira defende que nada fez contra o Benfica. "Não consegui acabar o que pensei, e toda a gente sabe o que se passou comigo. A única coisa que quero adiantar a todos os benfiquistas é que não lesei e nunca roubei o Benfica".

O ex-presidente do Benfica diz que irá "até às últimas consequências" para se defender. "Sei que sou perseguido, sinto-me como peça de caça, mas não vou permitir que façam isso. Decapitaram o Benfica, e isso assustou muita gente", declarou.

"Continuo com motivação para me defender, e um dia mais tarde logo saberemos o que vamos fazer a seguir. Estarei sempre presente para os benfiquistas. Tive desilusões com pessoas dentro do Benfica depois da prisão, mas são coisas que digo um dia mais tarde".

À saída, Filipe Vieira deixou a promessa de que, em breve, iria falar aos benfiquistas. "Há uma coisa que irei fazer de certeza: irei falar para a família benfiquista e dizer tudo aquilo que se passou comigo. Tenho lugar para me defender e continuar de cabeça bem erguida. Tive muitas manifestações de benfiquistas e nunca ninguém me agrediu verbalmente na rua, pelo contrário. Tive muitas manifestações de apoio. Sinto-me bem, tenho a consciência tranquila. Nada fiz contra o Benfica, e o que disseram posso garantir que é mentira", disse.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    10 out, 2021 Lisboa 09:07
    Destas palavras, não só se vê que ainda não digeriu ter sido corrido da presidência do SLB, como também que acha que Rui Costa é o "homem dele" no Benfica e que só está lá a aquecer a cadeira para ele retomar o lugar nas próximas Eleições. Coitado! Nas próximas Eleições, ele ou está na Carregueira ou no Belize a fazer companhia ao Rendeiro
  • Maildat Reta
    10 out, 2021 LISBOA 00:03
    "A seguir às declarações que prestou aos jornalistas, a PSP teve de ser chamada ao local para intervir." porque os benfiquistas (palermas) que se encontravam no exterior começaram "mandar bocas" e a chamar nomes aos jornalistas que lá se encontravam porque "foram os responsáveis pêlo que aconteceu ao LFV"... Percebeu ou continua a receber a avença do BdC?
  • Anonimo
    09 out, 2021 Porto 20:21
    É de lamentar que alguns benfiquistas tenham feito isto a Luis Filipe Vieira e a esses só lhes digo que tiveram um comportamento reprovável. Uma coisa é por vezes não termos concordado com algumas das decisões de LFV, outra coisa é ter estes comportamentos contra o homem que a mim como Benfiquista envergonha e já agora estou agradecido a LFV pois não me esqueço que quando ele entrou no clube em 2001 o Benfica estava falido e na iminência de fechar as portas. E para essas pessoas digo-lhes que todo o cidadão é inocente até prova em contrário e pergunto a esses que tiveram esta postura lamentável se tivessem envolvidos em processos judiciais se gostavam de passar por situações desagradáveis

Destaques V+