Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Varandas Fernandes apoia Rui Costa: "É uma boa solução"

24 set, 2021 - 12:45 • João Fonseca com Redação

Em entrevista à Renascença, o vice-presidente do Benfica expõe as razões que o levaram a recusar integrar uma lista candidata às eleições de 9 de outubro.

A+ / A-

Um dia depois de anunciar que não vai integrar qualquer lista às eleições para a direção do Benfica, Varandas Fernandes declara, em entrevista à Renascença, apoio total a Rui Costa. O vice-presidente considera tratar-se de uma "boa solução, uma solução de garantia".

"O Rui Costa tem condições para ser presidente do Benfica. É uma boa solução, uma solução de garantia. Vou obviamente votar Rui Costa. Aquilo que ele já fez nos vários cargos que exerceu dá-me essas garantias", argumenta.

A possibilidade de integrar a lista do presidente atual não chegou a ser colocada, uma vez que Varandas Fernandes já tinha a decisão de não renovar a sua colaboração com o clube.

"Desde julho que tinha a decisão tomada de pôr o lugar à disposição. O que pesou bastante é que eu entendo que se deve abrir um novo ciclo. Esta fase de transição foi bastante difícil para a vida do Benfica e o meu contributo teria de ser um contributo que privilegiasse a estabilidade", explica, numa justificação para não ter anunciado a decisão mais cedo.

Sobre o novo ciclo que se abrirá, Varandas Fernandes, admitindo que Rui Costa será o novo presidente, diz que caberá a ele decidir se vai apostar numa "lista de continuidade" ou se optará por uma mudança mais profunda.

Nesta entrevista a Bola Branca, o dirigente manifesta o desejo de que Rui Costa tenha "espaço" para escolher a sua lista e ponha em ação o plano que tem para o Benfica.

Desde já, há a certeza de que além de Varandas Fernandes, José Eduardo Moniz também não continuará na direção do Benfica. Uma nova equipa de gestão que terá dois grandes desafios.

"O desafio desportivo de ganhar, de sermos muito competitivos, ganhar o campeonato nacional e ir o mais longe possível na Liga dos Campeões. Espero que a nossa projeção internacional se concretize agora .O outro desafio é financeiro. Terá de haver reestruturações em algumas empresas e no próprio clube", observa.

Varandas Fernandes fez parte das direções de Luís Filipe Vieira e sublinha, como já havia manifestado na mensagem publicada na quinta-feira, que sai de consciência tranquila e com a convicção de que o anterior presidente, que se demitiu das funções, devido a suspeitas de envolvimento em crimes fiscais de branqueamento de capitais, deixou uma grande obra.

As eleições do Benfica estão marcadas para 9 de outubro.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+