Tempo
|
A+ / A-

Benfica

Nuno Campos: "Yaremchuk vai querer mostrar que está num bom momento"

14 set, 2021 - 12:45 • João Fonseca

O antigo adjunto de Paulo Fonseca no Shakhtar Donetsk alerta para os perigos do contra-ataque do Dínamo, em Kiev.

A+ / A-

Nuno Campos considera que Jorge Jesus pode tirar vantagem do facto de Roman Yaremchuk ter sido formado no Dínamo de Kiev, na estreia do Benfica na nova edição Liga dos Campeões, esta terça-feira.

Em declarações a Bola Branca, Nuno Campos, treinador que foi adjunto de Paulo Fonseca no Shakhtar Donetsk, refere que o avançado internacional ucraniano "vai querer mostrar que está num bom momento".

"Vai querer fazer golos. O Benfica pode jogar um pouco com isso", vinca.

"Raio-x" ao Dínamo de Kiev


O técnico, que esteve três temporadas na Liga da Ucrânia, conhece bem a equipa comandada por Mircea Lucescu e vaticina que o treinador romeno apostará no contra-ataque, em que destaca três jogadores.

"Mykolenko, na esquerda, é um jogador com um andamento muito bom, que aparece em muitas situações de ataque, para assistir. Depois, Tsygankov, jogador que chuta muito bem e não lhe podem dar espaço. Também faz diagonais que o podem isolar. E Carlos Pena, que chuta muito bem de fora da área", sintetiza o antigo adjunto de Paulo Fonseca.

Nuno Campos alerta, ainda, para os lances de bola parada, já que "o Dínamo faz muitos golos" nesses momentos. Ainda assim, confia que Jorge Jesus tenha preparado a sua equipa para essas situações.

Sem atribuir favoritismo a qualquer dos lados, o treinador avisa que o Dínamo de Kiev "é mais forte em casa" do que fora do seu estádio.

O Dínamo de Kiev-Benfica começa às 20h00, na Ucrânia. Tem relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+