Tempo
|
A+ / A-

Operação "Cartão Vermelho"

Jorge Jesus. Detenção de Vieira "foi uma surpresa", mas não afetou a equipa do Benfica

03 ago, 2021 - 15:31 • Redação

Técnico garante que o caso "cartão vermelho" não teve consequências: "Estrutura está bem montada. Não tem faltado nada."

A+ / A-

Jorge Jesus admite que ficou surpreendido com a detenção de Luís Filipe Vieira, ex-presidente do Benfica, no âmbito da operação "cartão vermelho", no entanto, garante que não afetou a equipa.

"Para nós foi uma surpresa, não que tenha influenciado alguma coisa na nossa forma de trabalhar e no nosso dia a dia", sublinhou o treinador do Benfica, esta terça-feira, em conferência de imprensa.

Jorge Jesus salientou que "a estrutura estava e está bem montada", fosse com Luís Filipe Vieira e Rui Costa ou, como é agora, apenas com o então vice-presidente, que, agora, assumiu a liderança da SAD e do clube:

"Os três partilhávamos as nossas ideias diariamente e sabíamos qual era o caminho. Não nos tem faltado nada. Neste momento, a única coisa que nos falta é ganhar amanhã [quarta-feira, ao Spartak de Moscovo]."

O Benfica defronta o Spartak, orientado por Rui Vitória, na primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Jogo com relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+