Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Jesus e a suspensão do futebol. "Por mim, o campeonato não pára"

11 jan, 2021 - 14:06 • Redação

Treinador do Benfica recorda que o futebol tem dado o exemplo no combate à pandemia da covid-19.

A+ / A-

Jorge Jesus acredita que o futebol tem condições para condições para continuar a disputar-se em Portugal, na I Liga, em caso de confinamento geral, que se perspetiva a partir do final desta semana.

Em conferência de imprensa, o treinador do Benfica coloca a decisão nas mãos da Direção-Geral de Saúde, que será acatada pelo técnico, mas que recorda que o futebol dá exemplo de boas práticas no combate à pandemia da covid-19.

"Temos de respeitar as decisões, mas o futebol e as equipas têm sido um exemplo naquilo que é testar e combater a covid-19. O futebol não é só os jogadores, há todo o 'staff' e familiares, são centenas de pessoas numa bolha, que nos dá alguma tranquilidade. Por mim, o campeonato não pára porque há segurança total. No entanto, se a DGS entender que tem que parar, temos de cumprir", explica.

Também esta segunda-feira, o treinador do FC Porto questionou uma nova suspensão dos campeonatos e reiterou o cuidado máximo na modalidade.

"Não sei se será possível parar esta máquina outra vez. Se assim decidirem é porque é necessário e temos de respeitar, mas já temos essa experiência de quase três meses confinados. Dentro do mal que foi, correu-nos bem pelo que se viu na ponta final do campeonato, mas não desejaria", explica.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+