Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022

Steven Vitória: "Mundial é um grande objetivo da época"

20 jul, 2022 - 09:00 • Pedro Castro Alves

Internacional canadiano está focado no trabalho no Chaves, mas não esconde o desejo de estar no Qatar. Steven Vitória aborda ainda o passado e o possível futuro como treinador.

A+ / A-
Foto: GD Chaves
Foto: GD Chaves
Steven Vitória é um dos capitães do Canadá. Foto: Christopher Hanewinckel-USA TODAY Sports/Reuters
Steven Vitória é um dos capitães do Canadá. Foto: Christopher Hanewinckel-USA TODAY Sports/Reuters
Steven Vitória com outro luso-canadiano, Stephen Eustáquio, do FC Porto. Foto: Kevin Jairaj/USA Today/Reuters
Steven Vitória com outro luso-canadiano, Stephen Eustáquio, do FC Porto. Foto: Kevin Jairaj/USA Today/Reuters

Steven Vitória não esconde o sonho de estar no Campeonato do Mundo.

Depois de três anos no Moreirense, despromovido na época passada, o central assinou pelo Desportivo de Chaves este verão para permanecer na I Liga e, assume, em entrevista a Bola Branca, manter os olhos postos no Qatar.

"O Mundial é um grande objetivo da época. Não é o único, mas é um deles. Por agora, é focar no Chaves. Nunca coloquei objetivos pessoais à frente dos coletivos, eu quero é ser feliz aqui. Se puder juntar as duas coisas, estar no Mundial e ajudar no Chaves, fico muito feliz, mas é preciso ter os pés bem assentes no chão", afirma.

A escolha pelo Chaves “foi fácil”. Steven Vitória explica que “tinha outras opções”, mas a possibilidade de continuar em Portugal e na I Liga fez a diferença.

“Depois de aparecer o interesse, foi uma escolha fácil. Houve algumas coisas em cima da mesa, mas que iam exigir mudanças drásticas. A oportunidade de ficar na I Liga, num clube como o Chaves, foi uma decisão fácil e que me deixou muito feliz”, explica.

O Chaves está de regresso à I Liga após três anos no segundo escalão. Steven Vitória explica que o objetivo do clube é “consolidar-se” na primeira divisão.

“O nosso objetivo é consolidar o Chaves na primeira Liga. Vou dar o meu máximo para que, juntos, possamos ser felizes. Acho que esse é o objetivo principal, ganhar e sermos felizes, porque acho que temos tudo para que isso aconteça”

Qualificação para Qatar 2022 é um “sonho tornado realidade”


Steven Vitória esteve presente em 12 jogos da fase de qualificação do Canadá para o Campeonato do Mundo. O caminho “foi incrível” e o defesa descreve uma “mudança na mentalidade” dos canadianos em relação ao futebol.

“É incrível. É sonho tornado realidade, ainda mais num país onde o futebol não é o desporto rei. O país uniu-se com a equipa. Podíamos ir jogar no meio da neve, em Edmonton, em dezembro, contra o México e a Costa Rica e tínhamos 50 mil pessoas a ver. Começaram-se a ver muitas coisas que não eram normais”, descreve.

Com o apuramento para o Qatar, o Canadá tem garantida a presença em dois Campeonatos do Mundo consecutivos: 2022 e 2026, por ser organizador, em conjunto com Estados Unidos e México. Steven Vitória acredita que estas presenças podem provocar uma mudança significativa no país.

“Sabemos que o Mundial de 2026 está garantido, porque o Canadá é um dos organizadores. Com dois Mundiais seguidos, estamos a falar de mudar o país para sempre, é mais do que futebol. Esta caminhada tem sido fantástica”, acredita.

Fim da carreira longe do pensamento, mas já há alternativas


Aos 35 anos e com um Mundial histórico muito perto, Steven Vitória não quer ouvir falar de terminar a carreira. Ainda assim, já começa a pensar em qual poderá ser o passo seguinte. O banco, como treinador, “é uma possibilidade”.

“[Ser treinador no futuro] é possível. Cheguei a inscrever-me nalguns dos cursos, mas, com a possibilidade de muitas viagens com a seleção, decidi não avançar. Nunca sabemos o dia de amanhã, mas ainda devemos ter o Steven Vitória como jogador mais algum tempo”, conclui.

Nascido em Toronto, no Canadá, Steven Vitória chegou a Portugal pela porta do FC Porto, em 2005, onde fez formação. Após empréstimos a Tourizense, Olhanense e Sporting da Covilhã, em 2010 saiu em definitivo para o Estoril Praia, onde realizou três épocas de bom nível.

Em 2013 assinou pelo Benfica. Fez apenas cinco jogos na equipa principal, orientada por Jorge Jesus, que lhe valeram a conquista do triplete: campeonato, Taça de Portugal e Taça da Liga. Seguiram-se passagens pelos Estados Unidos e Polónia, até ao regresso a Portugal para o Moreirense.

Pelo Canadá, Steven Vitória soma, até agora, 32 internacionalizações e três golos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+