Tempo
|

Liga dos Campeões

Com honra, mas sem glória. Benfica despede-se da Champions com empate em Anfield

13 abr, 2022 - 22:56 • Eduardo Soares da Silva

Benfica sonhou com as meias-finais, mas "reds" não alimentaram a esperança encarnada em Anfield. Águias ainda resgataram empate com golos de Yaremchuk e Darwin Nuñez.

A+ / A-
Konaté abriu o marcador para os "reds". Foto: Peter Powell/EPA
Konaté abriu o marcador para os "reds". Foto: Peter Powell/EPA
Firmino foi figura da partida, com dois golos. Foto: Peter Powell/EPA
Firmino foi figura da partida, com dois golos. Foto: Peter Powell/EPA
Everton foi o protagonista da primeira ocasião do jogo, com um remate ao lado. Foto: Peter Powell/EPA
Everton foi o protagonista da primeira ocasião do jogo, com um remate ao lado. Foto: Peter Powell/EPA
Jota foi titular no Liverpool. Foto: Peter Powell/EPA
Jota foi titular no Liverpool. Foto: Peter Powell/EPA

O Benfica alimentou a esperança de uma reviravolta épica em Anfield, mas despede-se da Liga dos Campeões com um empate honroso a três golos em casa do Liverpool, um dos principais candidatos ao título.

As águias foram a jogo na máxima força e com Diogo Gonçalves no lugar de Rafa Silva, que falhou a deslocação por lesão.

O mesmo não se pode dizer dos "reds". Face à vitória por 3-1 no Estádio da Luz, o jogo frente ao Manchester City a meio da eliminatória e a proximidade para um novo jogo frente aos "citizens" para as meias-finais da Taça de Inglaterra, no próximo sábado, Jurgen Klopp rodou sete jogadores.

Figuras como Salah, Sadio Mané, Thiago, Fabinho, Van Dijk, Robertson e Trent Alexander-Arnold começaram no banco de suplentes e deram lugar a alguns jogadores menos utilizados: Gomez, Tsimikas, James Milner, Henderson, Diogo Jota e Firmino.

A primeira grande oportunidade do jogo até foi do Benfica, com um remate de fora da área de Everton, mas os "reds" marcaram primeiro, num filme repetido da primeira mão. Konaté voltou a saltar mais alto num canto e cabeceou para golo, aos 21 minutos de jogo.

O Benfica reagiu e empatou num lance com alguma sorte à mistura. A bola ressaltou num jogador do Liverpool e sobrou para Gonçalo Ramos, sozinho à entrada da área, que rematou para o empate. Foi o primeiro golo do jovem formado no Seixal na Champions.

Ao intervalo, as águias continuavam a precisar de dois golos para empatar a eliminatória, mas o início do segundo tempo trouxe ainda mais conforto para os ingleses. Firmino bisou, aos 55 e aos 64 minutos de jogo, e fez o xeque-mate na eliminatoria.

Klopp mexeu na equipa e colocou em campo os "pesos pesados" Salah, Fabinho, Thiago e Mané, mas o efeito surtido foi contrário ao esperado.

Benfica alimentou sonho de reviravolta, mas equipa de Klopp confirmou favoritismo.  Foto: Reuters/Jason Cairnduff
Benfica alimentou sonho de reviravolta, mas equipa de Klopp confirmou favoritismo. Foto: Reuters/Jason Cairnduff
Foto: Reuters/Jason Cairnduff
Foto: Reuters/Jason Cairnduff
Yaremchuk entrou ao intervalo e marcou o primeiro das águias na segunda parte. Foto: Reuters/Jason Cairnduff
Yaremchuk entrou ao intervalo e marcou o primeiro das águias na segunda parte. Foto: Reuters/Jason Cairnduff
Benfica agradeceu o apoio dos cerca de três mil adeptos em Anfield. Foto: Reuters
Benfica agradeceu o apoio dos cerca de três mil adeptos em Anfield. Foto: Reuters

O Liverpool baixou o ritmo e o Benfica ainda chegou ao empate, por Yaremchuk, aos 73 minutos, e Darwin Nuñez, aos 82, recompensa merecida para a campanha europeia das águias.

O uruguaio, que foi a grande figura da caminhada do Benfica na Champions, com golos ao Liverpool, Ajax, Barcelona e Bayern de Munique, ainda voltou a marcar nos descontos, mas o VAR invalidou por fora de jogo.

As águias despediram-se da Liga dos Campeões, mas o jogo terminou com grande festa dos adeptos encarnados, cerca de três mil, em Anfield.

O Benfica, que ficou fora da Champions na época passada e tem tido prestações europeias aquém das expetativas nas últimas temporadas, voltou aos quartos de final da prova seis anos depois, e cai com honra frente ao gigante Liverpool, num resultado agregado de 6-4.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+