Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

A triste jornada suíça

14 jun, 2022 • Opinião de Ribeiro Cristovão


A nossa selecção produziu uma das piores exibições realizadas nos últimos tempos.

Quem assistiu ao jogo de Alvalade, em que a selecção portuguesa cilindrou a sua congénere suiça através de um resultado contundente e de uma exibição a roçar a perfeição, mal pode acreditar que, poucos dias depois, em território helvético, as mesmas selecções seriam capazes de protagonizar um espectáculo antagonicamente diferente.

Mas, aconteceu de facto.

Em Genebra, perante um estádio cheio por espectadores maioritariamente portugueses, a nossa selecção produziu uma das piores exibições realizadas nos últimos tempos, perdeu o jogo e assim comprometeu seriamente a possibilidade de chegar à final-four no próximo mês de Setembro já que, nos dias 24 e 27, voltará a defrontar a República Checa e a Espanha, sendo então indispensável que some seis pontos nessa jornada dupla.

Num tempo em que a gestão dos jogadores se reveste de indiscutível dificuldade, por estarmos na pós-época com o desgaste acumulado em todos eles, aceitam-se os critérios de Fernando Santos ao fazer mudanças assinaláveis de jogo para jogo.

O que já é mais difícil de entender é a muito fraca qualidade patenteada, sobretudo na primeira parte do jogo de Genebra, e a ineficácia manifestada durante todos os noventa minutos disputados.

Para além da desilusão provocada em milhares de portugueses emigrantes, ficou também o facto de, a partir de agora, a selecção portuguesa já não depender apenas de si própria, ao contrário do que acontecia até antes do desafio do passado domingo.

Até Setembro, muita água vai correr sob as pontes, e as dores de cabeça do seleccionador não deixarão de atingir graves proporções.

No entanto, se então for possível voltar à produção normal e habitual, a isso poderá corresponder a qualificação para a fase seguinte da Liga das Nações, o que todos os portugueses desejam.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.