Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

O mercado abre as portas

01 jun, 2022 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Não deixa de haver por aí largos movimentos, sobretudo protagonizados pelos três grandes e, por vezes, até a excederem as suas reais possibilidades financeiras.

Já com o futebol em tempo de férias, excepto para as selecções que vão prosseguir a sua actividade desta vez na Liga das Nações, é o mercado de transferências que vai chamar a si todas atenções. É sempre assim por esta altura, pelo que nem todos se podem gabar de ter entrado em férias.

Entre nós, o tema não tem, naturalmente, a mesma acuidade do que noutros países da Europa, onde o futebol sobe a outros valores, com campeonatos mais competitivos e, por isso, susceptíveis de atingir números muitas vezes considerados escandalosos.

Para certificar esta afirmação bastaria para aquilo que se tem passado à volta de um jogador de enorme qualidade que o mundo muito admira e cuja mudança ou não clube chocaria com as verbas mais elevadas de sempre.

Referimo-nos a Kiliam M`bappé, jogador francês que iniciou a sua carreira no modesto As Bondy, passou pelo Mónaco e adquiriu extraordinária notoriedade no Paris Saint Germain, onde se tem mantido há cerca de cinco anos como uma das principais mais-valias do clube parisiense.

Assediado ultimamente pelo Real Madrid, e perante a possibilidade de uma mudança por verbas verdadeiramente astronómicas, o internacional francês, nascido em Paris, filho de pai camaronês e de mãe argelina, chegou a “ameaçar” tornar-se na maior transferência mundial de todos os tempos.

Só que o fundo de investimentos ligado ao Catar que detém os direitos do jogador, entrou em campo e fazendo uso de uma oferta pornográfica impediu a transferiu e garantiu a permanência do jogador durante os próximos anos.

Entre nós, não, felizmente, escândalos nem sequer ao nível e à dimensão do futebol português.

Ainda assim, não deixa de haver por aí largos movimentos, sobretudo protagonizados pelos três grandes e, por vezes, até a excederem as suas reais possibilidades financeiras.

Vamos acompanhar atentamente estes dois meses de folclore, que se repete em todos os defesos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.